O Mundo Sombrio de Sabrina: 3ª temporada traz disputa de poder e novas ameaças

O Mundo Sombrio de Sabrina: 3ª temporada traz disputa de poder e novas ameaças

Em sua terceira temporada, lançada em junho do ano passado, O Mundo Sombrio de Sabrina tratou de organizar um cenário completamente novo para a comunidade bruxa residente em Greendale – cidade vizinha de Riverdale. Afinal, após o final da temporada anterior, a derrota de Lucifer Estrela da Manhã (Luke Cook, de Katy Keene) deixou um vácuo de poder tanto no inferno quanto na Terra, situação está que permitiu a chegada de nova ameaças nos dois reinos.

Agora que sabe que seu pai na verdade é Lucífer, Sabrina (Kiernan Shipka, de Deixe a Neve Cair) tenta prosseguir com sua vida dupla depois que seu novo namorado, Nicholas Scratch (Gavin Leatherwood, de My Dead Ex), serviu de receptáculo para prender o Senhor das Trevas. Enquanto isso, suas tias Zelda (Miranda Otto, de Guerra dos Mundos) e Hilda (Lucy Davis, de Mulher-Maravilha) procura dar novo rumo à Academia de Artes Ocultas e à Igreja da Noite.

Como destaques, a série dá mais espaço para Ambrose (Chance Perdomo, de Killed by My Debt) e Prudence (Tati Gabrielle, de The 100), numa caçada a Faustus Blackwood (Richard Coyle, de Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo) que, destituído da liderança da igreja, decide invocar os “terrores do Vazio”.

Competição pelo Trono do Inferno

A trama tem Lilith (Michelle Gomez, de Doctor Who) incapaz de segurar o comando o inferno, o que a leva a pedir que Sabrina assuma o posto como herdeira de sangue, mas deixando a veterana como regente, na prática. Porém, é aí que surge Caliban (Sam Corlett, de Acting for a Cause), príncipe feito de barro, que propõe um desafio justo pelo reinado das trevas. O rapaz, aliás, conta com o apoio dos reis Belzebu, Asmodeus e Purson.

Como Sabrina Estrela da manhã, a protagonista deve assumir o controle do inferno. (Foto: Netflix)

Dessa forma, será aceito como monarca aquele que encontrar a maior parte das Regalias Profanas, isto é, itens míticos e cheios de poder considerados tesouros do inferno.

Os virgens e os pagãos

À medida que tudo isso acontece, a protagonista deve se dividir entre a guerra de poder no inferno e a chegada de uma trupe de pagãos que chega a Greendale com seu circo dos horrores. Entidades como o deus Pan (Will Swenson, de O Rei do Show), Circe (Lucie Guest, de Orphan Black) e a Nagaina (Vanessa Rubio, de Cobra Kai) – um tipo de Medusa – percebem o enfraquecimento do coven local e acabam decidindo se instalar na cidade.

Para sacramentar seu domínio, os vilões precisam sacrificar um jovem virgem para ressuscitar o chamado Homem Verde. Com isso, entram em perigo Harvey Kinkle (Ross Lynch, de Austin & Ally), sua namorada, Rosalind Walker (Jaz Sinclair, de Slender Man: Pesadelo Sem Rosto) e Theo Putnam (Lachlan Watson, de O Que Realmente Importa), além de Sabrina. Junta-se ao grupo o duende Robin Goodfellow (Jonathan Whitesell, de iZombie), como par de Theo.

Os núcleos mortais e bruxos acabam se unindo para encarar os pagãos. (Foto: Netflix)

Entre flertes, torturas e viagens no tempo, o principal acerto da 3ª temporada de O Mundo Sombrio de Sabrina é a criação da Ordem de Hécate, que reúne bruxas de diferentes lugares, como Mambo Marie (Skye P. Marshall, de Raio Negro), em um coven predominantemente feminino.

Comentários
Next Post

Cobra Kai: 3ª temporada impulsiona nova rivalidade e faz pazes com passado

Com estreia antecipada duas vezes pela Netflix, a 3ª temporada de Cobra Kai acabou chegando ao streaming no primeiro dia de 2021. E merecido. Afinal, a série tem o poder de reunir fãs de diversas gerações para uma experiência tão nostálgica quanto atual. E que seja dito, após o final […]
Cobra Kai: 3ª temporada impulsiona nova rivalidade e faz pazes com passado