His Dark Materials: 1ª temporada é fascinante adaptação de Philip Pullman

Um dos maiores destaques na programação recente da HBO, a série His Dark Materials dá novo fôlego à cultuada obra do escritor Philip Pullman – que havia sido adaptada anteriormente em A Bússola de Ouro (2007), com Nicole Kidman, Daniel Craig, Ian McKellen e Eva Green em seu elenco. Em 8 episódios de 1 hora de duração, a atração estreou no dia 4 novembro de 2019 com tempo e espaço necessário para explorar os contextos sociais, políticos e até religiosos que são característicos dos livros “Fronteiras do Universo” (na tradução oficial para o Brasil).

No roteiro desenvolvido por Jack Thorne (Extraordinário), conhecemos a jovem Lyra (Dafne Keen, de Logan), que vive em um mundo bastante parecido com o nosso, mas com algumas diferenças importantes. Nesta realidade, humanos vivem na companhia dos daemons, que são manifestações da alma humana em forma de animais. Estas criaturas podem mudar de aparência e assumir o visual de outras espécies, acompanhando as emoções e ações de seus donos. Além disso, daemons têm ligação com a vida das pessoas – a morte é o fim para ambos.

Dafne Keen sustenta ótima atuação como Lyra Belacqua. (Foto: HBO)

Deixada pelo seu tio, Lord Asriel (James McAvoy, de Fragmentado), no Colégio Jordan, em Oxford, a protagonista parte numa aventura quando sabe sobre os sumiços de Billy Costa (Tyler Howitt, de Apple Tree House) e Roger Parslow (Lewin Lloyd, de Judy: Muito Além do Arco-Íris) – o melhor amigo de Lyra. Os pequenos foram levados pelos Papões, facção relacionada ao Magistério – instituição que manipula a sociedade pela política e religião. Simultaneamente, Lyra investiga os mistérios do , partículas que acabam associadas ao pecado.

Em sua jornada, Lyra recebe o Aletiômetro, um artefato raro capaz de apontar a verdade. Evidentemente, o objeto é alvo do desejo de vilões no alto escalão do Conselho de Oblação, que sofre a influência de Mrs. Coulter (Ruth Wilson, de Luther), figura misteriosa que funciona como antagonista da trama, mas também alguém próxima de Lyra. Por isso, a menina se vê obrigada a aliar-se aos Gípcios, um povo nômade que segue pistas do desaparecimento de Billy Costa. O grupo é lidera pelo rei John Faa (Lucian Msamati, de Trama Internacional).

Mrs. Coulter parece disfarçar a aparência de seu daemon. (Foto: HBO)

À medida que desenrola revelações sobre a família de Lyra, o seriado produzido pela BBC trabalha com personagens em posições-chave. Um deles é Pantalaimon (na voz de Kit Connor, de Rocketman), daemon e fiel escudeiro de Lyra. Já em uma fase mais avançada do enredo surge o aventureiro Lee Scoresby (Lin-Manuel Miranda, de O Retorno de Mary Poppins) e seu daemon, Hester (Cristela Alonzo, de Carros 3). Por fim, encontramos ninguém menos que Iorek Byrnison (Joe Tandberg, de The Innocents), o urso polar guerreiro de armadura.

Adaptando o livro A Bússola de Ouro (primeiro da trilogia), a temporada inicial de His Dark Materials oferece um drama fantástico, construído em diferentes camadas de compreensão, no qual o telespectador se vê completamente imerso e cativado por personagens interessantes e uma mitologia rica. Já se prepare porque vem aí a segunda temporada com o enredo de A Faca Sútil!

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.