HQ brasileira, Fantástico Gatuno é leitura para todas as idades

Entre os diversos artistas presentes na CCXP 2019 com trabalho autoral, estavam Marcus Vinícius e Rogério Zicatti, que criaram a Prodigy Studios em 2016. Em sua mesa no Artist’s Alley, a dupla divulgava Fantástico Gatuno, HQ lançada no ano passado e a novidade deste ano, o Indomável Chacal.

O Gatuno é Thomas Till, um adolescente que nasceu cego e vive com o avô, que é inventor, e a irmã mais nova. Thomas participa de experimentos constantes para curar sua cegueira realizados pelo seu avô, mas todos sem sucesso. Tudo parecia perdido até o cientista canadense Lescott Pirce desembarcar no Brasil e fazer a Thomas a tentadora oferta de participar de um experimento.

Todo design do herói é pensado na postura dos felinos.

A terapia genética cruzaria o DNA do rapaz com o de uma espécie especial de gato selvagem para curar seus olhos. O experimento funciona bem até demais e o rapaz passa a enxergar como um gato, assim como tem seus outros sentidos e agilidade amplificados.

Não demora muito até o protagonista perceber que suas novas habilidades poderiam ser úteis como combatente do crime em Eden City, Contudo, um erro ao enfrentar uma gangue local acaba custando a vida do médico que lhe curou os olhos, mas confere a inspiração que ele precisava para se dedicar de vez à carreira heroica, com um traje especial feito pelo avô.

História familiar

Ao ler o primeiro volume do Gatuno, não há como não imaginá-lo como uma espécie de Homem-Aranha vivendo em São Paulo e com alguns recursos extras na manga. Principalmente nos tempos de adolescente de Peter Parker. Porém, é essa familiaridade das histórias daquele tempo que fazem do personagem uma leitura divertida para acompanhar.

Há também uma certa inocência na história de Zicatti e Vinícius que acaba trazendo um ar de novidade para uma época na qual super-heróis são excessivamente sombrios, com visual e atitudes que fazem mais assustar do que entreter as gerações mais jovens.

O super-herói da Prodigy Studios tem visual caprichado.

Essas, aliás, um excelente público para as aventuras de Thomas Till, pela fácil compreensão dos roteiros e a simplicidade dos desenhos, ainda que tragam muitos detalhes em algumas cenas específicas. Fantástico Gatuno é, portanto, uma ótima aventura para pais e filhos mergulharem juntos no universo dos quadrinhos. Quem ficou curioso e não esteve na Comic Con Experience 2019, pode comprar a HQ direto no site deles.

Comentários
Carlos Bazela

Carlos Bazela

Jornalista e leitor compulsivo, gosta de cerveja, café e chá preto não necessariamente nessa ordem. Fã de boas histórias, principalmente daquelas contadas por meio de desenhos e balões.

Comentários estão fechados.