O Filho do Batman abre portas para Damian Wayne fora das HQs

Em 2014, mesmo ano em que a Warner Bros. resolveu adaptar o arco de reboot da Liga da Justiça, na animação Guerra, outra história recente – e polêmica – foi ao home video. Em O Filho do Batman, como o título diz, o Cavaleiro das Trevas descobre que é pai de Damian (Stuart Allan, de Transformers: Robots in Disguise), garoto pré-adolescente, junto com Talia (a brasileira Morena Baccarin, de Gotham), filha de Ra’s al Ghul (Giancarlo Esposito, de Breaking Bad). O desenho é inspirado pela saga Batman & Filho, escrita por Grant Morrison.

A trama começa com um ataque orquestrado pelo Exterminador (Thomas Gibson, de Criminal Minds) ao esconderijo de Ra’s nas montanhas. Depois da aparente morte do vilão secular, Talia não vê alternativa para proteger o filho a não ser deixá-lo aos cuidados de seu pai, sem que esse soubesse de sua existência.

Damian Wayne e Batman em cena famosa de O Filho do Batman

Batman e Damian Wayne têm suas diferenças, mas ainda assim mostram que têm muito em comum.

Bruce Wayne (Jason O’Mara, de Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D.) leva o garoto para morar na mansão e tenta introduzi-lo em suas duas vidas. E não demora para que ele decida assumir o manto de Robin, contrariando as ordens do pai, claro, e sair pela noite de Gotham encarando criminosos.

Mimado, impetuoso e genial quando o assunto é artes marciais, o jovem tem a sua própria visão de justiça e não partilha do código de honra do pai de não matar malfeitores. E isso o leva a entrar em combate com o Asa Noturna (Sean Maher, de Serenity: A Luta Pelo Amanhã), inclusive. Afinal, o menino foi criado e treinado pela Liga dos Assassinos.

Exterminado puxa suas espadas em cena de luta

Será que o mercenário Slade Wilson é páreo para Batman e filho?

Mesmo entre seus atritos, pai e filho começam a construir uma relação, que é posta à prova quando Talia é sequestrada pelo Exterminador. Será que Damian conforme prega seu pai ou irá ceder à vingança contra o assassino de seu avô?

Animação impecável

Assim como Liga da Justiça: Guerra fez com o grupo de heróis, O Filho do Batman marca um novo ponto nas animações do Cruzado Encapuzado. Com traço mais sombrio, realista e temática madura, o desenho se encaixa perfeitamente no momento das adaptações da DC Comics e acerta ao trazer uma história pouco conhecida do público, embora o romance entre e Bruce e Talia seja algo mais popular, pois aparecia na antiga série animada dos anos 1990 do Batman.

Dirigido por Ethan Spaulding (Batman: Assalto em Arkham), o filme foi lançado direto em DVD e pode ser encontrado no catálogo de algumas lojas. E nós certamente recomendamos. Até porque, a chegada de Damian foi uma das maiores reviravoltas na história recente do Batman e ela definitivamente mereceu uma adaptação de alto nível, como foi o caso.

Comentários
Carlos Bazela

Carlos Bazela

Jornalista e leitor compulsivo, gosta de cerveja, café e chá preto não necessariamente nessa ordem. Fã de boas histórias, principalmente daquelas contadas por meio de desenhos e balões.

Comentários estão fechados.