The Walking Dead: Passado, presente e futuro colidem em despedida de Rick

Despedidas nunca são fáceis, ainda mais quando quem diz “adeus” é o protagonista da série. Com What Comes After, o quinto episódio da 9ª temporada de The Walking Dead, chegamos ao momento em que Rick Grimes (Andrew Lincoln, de Simplesmente Amor) realiza a sua última participação no seriado. Dirigido por Greg Nicotero (The Walking Dead: Webisodes), o capítulo transmitido no último domingo (04/11) veio carregado de emoção, com homenagens ao passado da atração, acontecimentos importantes na história atual e já vislumbrando o futuro.

Na sequência de The Obliged, Rick luta para sobreviver a queda de cavalo à medida que luta para desviar o caminho de uma legião de mortos-vivos, que rumava para áreas habitadas pelas comunidades de Alexandria, Hilltop e The Kingdom. Delirante e desamparado, o ex-policial não vê outra escolha a não ser seu sacrifício para proteger sua família e a nova civilização que estão construindo. Enquanto isso, Maggie Rhee (Lauren Cohan, de Boneco do Mal) convence Michonne (Danai Gurira, de Pantera Negra) a deixá-la acertar as contas com Negan, o antigo líder dos Salvadores.

Rick agoniza durante todo o episódio, comovendo os fãs da série. (Foto: Jackson Lee Davis/AMC)

Uma despedida anunciada antes de a temporada começar, a “aposentadoria” do velho Rick – que teve seu visual mudado após a passagem 1 ano e meio – é marcada pelas presenças de Shane Walsh (Jon Bernthal, de O Justiceiro), Hershel Greene (o falecido Scott Wilson, em seu último trabalho) e Sasha Williams (Sonequa Martin-Green, de Star Trek: Discovery), guiando nosso herói no limite entre o mundo dos vivos e dos mortos. A inclusão de rostos que já deixaram a série dá peso ao episódio, que traz homenagens que transcendem os personagens.

Porém, TWD pisa no freio e poupa a vida de Rick Grimes, tendo já anunciado três filmes estrelados por Andrew Lincoln e com roteiro de Scott M. Gimple (Fear the Walking Dead), uma trilogia sobre a jornada do xerife. E as surpresas não param por aí, uma vez que, com um segundo salto temporal de anos, o programa introduz o quarteto Luke (Dan Fogler, de Animais Fantásticos e Onde Habitam), Yumiko (Eleanor Matsuura, de Mulher-Maravilha), Magna (Nadia Hilker, de The 100) e Connie (Lauren Ridloff, de Sem Fôlego), os supostos novos protagonistas.

Judith surpreende em sua primeira participação ativa em The Walking Dead. (Foto: Jackson Lee Davis/AMC)

Ao final, somos apresentados a uma versão mais velha de Judith (Cailey Fleming, de Star Wars: O Despertar da Força), que promete fazer jus ao legado de Rick e, possivelmente, assumir o papel de Carl na saga dos Sussurradores.

A certeza é que nada será como antes em The Walking Dead.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.