2ª temporada: Punho de Ferro evolui com duelo mano a mano

Hematomas. Sangue jorrando. Ossos quebrados. Sim, um ano após sua estreia em live-action, Danny Rand (Finn Jones, de Game of Thrones), o Imortal Punho de Ferro, está de volta para a 2ª temporada de Marvel’s Iron Fist, que promete redimir o Inimigo Declarado do Tentáculo. Com acesso antecipado aos seis primeiros episódios de Punho de Ferro 2, o Boletim Nerd conta quais são as principais novidades da temporada e o que os fãs podem esperar da nova aventura do Protetor da Cidade Mística de K’un-Lun, que chega à Netflix em 7 de setembro.

Fugindo dos erros anteriores, a série remove o foco das origens do protagonista e o coloca o personagem criado pelos quadrinistas Gil KaneRoy Thomas, em 1974, em meio a uma guerra de gangues no bairro nova-iorquino de Chinatown. Afastado da Corporação Rand, Danny leva uma vida mais simples com Collen Wing (Jessica Henwick, de Star Wars: O Despertar da Força), enquanto lida com os acontecimentos de Os Defensores e procura um propósito diferente. Porém, quando novos elementos chegam à cidade, o punho brilhante precisa ser usado.

Nesta 2ª temporada, veremos Danny mais próximo do traje dos quadrinhos. (Foto: Netflix)

Agora, depois de derrotar O Tentáculo, o herói urbano lida com novas ameaças, como a tríade dos Tigres Dourados, a mercenária com transtorno dissociativo de identidade Mary Tyfoid (Alice Eve, de Além da Escuridão: Star Trek) e, claro, com a vingança de Davos (Sacha Dhawan, de 24 Horas: Viva um Novo Dia), seu irmão de criação. Além disso, os irmãos Ward (Tom Pelphrey, de Banshee) e Joy Meachum (Jessica Stroup, de The Following) voltam a cruzar o caminho de Danny Rand, trazendo à tona os problemas da temporada passada.

Apesar da má impressão causada em sua estreia, Punho de Ferro retorna sabendo como corrigir as principais falhas, tendo contratado o Clayton J. Barber (Pantera Negra e Creed: Nascido para Lutar) para coordenar suas cenas de luta. Outro ponto a ser destacado é que a trama deixa o mundo corporativo, ganhando tons de investigação policial e explorando mais da mitologia da cidade eterna de K’un-Lun.

Novas e antigas ameaças surgem no caminho de Danny Rand. (Foto: Netflix)

Em seu segundo round, Marvel – Punho de Ferro sobe ao tatame muito afiado nas artes marciais, com bom humor e uma história para contar.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.