Vingadores: A Queda coloca heróis na mira dos poderes da Feiticeira Escarlate

Vingadores: A Queda coloca heróis na mira dos poderes da Feiticeira Escarlate

Com a chegada de WandaVision ao Disney+ em 15 de janeiro, o momento é mais do que propício para lembrar de Vingadores: A Queda (“The Avengers: Disassembled”, título original), HQ que mostrou os Super-heróis Mais Poderosos da Terra em seu dia mais sombrio. A saga, escrita por Brian Michael Bendis e com ilustrações de David Finch, coloca a equipe diante da ameaça dos poderes descontrolados de Wanda Maximoff, a mutante de codinome Feiticeira Escarlate.

Publicada em 2004 com a missão de renovar a famosa equipe da Marvel Comics, a obra foi construída em cinco partes, sendo quatro histórias integradas à revista dos heróis daquele período junto de outra edição, intitulada “Avengers Finale”. Em sua narrativa, os Vingadores começam a sofrer ataques misteriosos em diversas frentes, supostamente orquestrados pelos seus piores inimigos, como os Kree e Ultron, que acabam dando as caras, de certa forma.

Entre os heróis envolvidos na trama, Homem de Ferro, Jaqueta Amarela (Hank Pym), Vespa, Falcão, Gavião Arqueiro, Capitão América, Visão, Pantera Negra, Homem-Formiga (Scott Lang), Mulher-Hulk, Jarvis e Coração de Leão. Além disso, com o progresso da desventura, muitos outros personagens que integraram as fileiras dos Vingadores vão surgindo no quadrinho. Porém, uma das marcas deste evento é quem nem todos os participantes saem vivos.

Vingança e morte

No geral, o histórico de Wanda e sua relação com seus poderes praticamente ilimitados sempre foi uma questão complicada. A Feiticeira Escarlate já havia casado com Visão e, graças às suas habilidades de manipular a realidade, conseguiu gerar dois filhos, que posteriormente foram revelados como partes da alma de Mefisto e apagados de sua lembrança. Porém, aqui, tudo isso retorna à memória da filha de Magneto, o que a deixa transtornada e perigosa.

Descontrolada devido a sua mente e alma dilaceradas e ainda motivada pela revanche, Wanda logo se torna a ameaça que os Vingadores não podem conter. Nas cores de Frank D’ Armata, a história ganha uma atmosfera série, tensa e fúnebre, que caem como uma luva. Para finalizar, com belas homenagens ao passado dos heróis, a história em quadrinhos ainda encaminha o cenário para Dinastia M, gibi em que a Feiticeira manipula a realidade a favor e contra os mutantes.

Para quem aposta que WandaVision terá impacto na remodelação do MCU, não restam dúvidas que Vingadores: A Queda deve ter relação com a primeira série da Marvel Studios.

Next Post

Morbius tem estreia confirmada para outubro

Em comunicado, a Sony Pictures revelou que Morbius, filme do enigmático inimigo do Homem-Aranha, terá uma nova data de estreia nos cinemas do Brasil: 7 de outubro. O longa é estrelado por Jared Leto (Clube de Compras Dallas) que interpreta o Doutor Michael Morbius. A direção é de Daniel Espinosa […]
Morbius tem estreia confirmada para outubro