Resident Evil: 7 acertos dos filmes nos 20 anos da franquia

Carlos Bazela
Resident Evil: 7 acertos da franquia em 20 anos de filmes

A franquia de filmes Resident Evil está completando 20 anos em 2022 e, embora sofra algumas críticas dos fãs por não seguir à risca as histórias dos games, há alguns momentos memoráveis nos longas escritos por Paul W.S. Anderson (O Enigma do Horizonte), que nem mesmo o admirador mais xiita dos jogos poderia criticar.

Listamos 7 deles aqui, veja:

Cerberus – Resident Evil: O Hóspede Maldito (2002)

O primeiro grande pavor dos jogadores de RE, tirando os zumbis humanos, é, certamente os Cerberus, os cachorros dobermann deformados que surgem do nada, garantindo sustos e danos críticos nos medidores de vida. No título de 2002, Alice (Milla Jovovich, de O Quinto Elemento) encara as encarnações do terror em quatro patas com direito a cena em bullet time, no melhor estilo Matrix.

Licker – Resident Evil: O Hóspede Maldito (2002)

Ambientado na mansão que dava acesso ao laboratório da infame Corporação Umbrella, o primeiro filme trouxe a atmosfera de suspense e terror dos games e teve como grande revelação os monstruosos Lickers, em caracterizações bastante fieis aos jogos. Para o desespero – e deleite – dos espectadores.

Jill Valentine – Resident Evil: Apocalipse (2004)

Misturando elementos do segundo e do terceiro jogos da franquia, RE: Apocalipse vem com tomadas que poderiam ter sido tiradas direto dos games. Focado em mostrar os efeitos da liberação do T-Vírus em Raccoon City, o segundo longa da franquia traz, inclusive, Sienna Guillory (Clifford, o Gigante Cão Vermelho) como uma impecável Jill Valentine. Com direito às clássicas minissaia e blusa sem alças azul que, mesmo nos jogos, parecem ser um figurino nada prático para se fugir de um apocalipse zumbi. Tanto é que isso foi mudado no remake de Resident Evil 3 (leia a análise do game).

Nemesis – Resident Evil: Apocalipse (2004)

Resident Evil: Apocalipse é um presente aos fãs em caracterização. Não bastasse reproduzir Jill com perfeição, o filme ainda trouxe um dos mais vilões mais icônicos da saga, senão o mais: Nemesis. Com a face deformada, dentes à mostra, “tubos orgânicos” saindo do sobretudo preto e a bazuca de sempre, o monstro retratado no cinema só não é perfeito por não trazer as “evoluções” que exibe nos games e pelo laço emocional mantido com Alice. Mas ainda assim empolgou quando surgiu pela primeira vez na telona.

Claire Redfield – Resident Evil 3: A Extinção (2004)

Em alta como Niki Sanders em Heroes (série de bastante sucesso na época), a atriz Ali Larter foi outro acerto da franquia ao ser escalada como Claire Redfield. A personagem, importante no cânone dos jogos, infelizmente fez sua estreia em um dos longas mais fracos da franquia, focado na busca por refúgio dos sobreviventes de Raccoon City, que cruzam o estado de Nevada desolado pela pandemia do T-Virus. Felizmente, ela reprisou o papel no longa seguinte e em Resident Evil 6: O Capítulo Final (2016).

Executor Majini – Resident Evil 4: Recomeço (2010)

Primeiro “chefe” que Sheva Allomar e Chris Redfield enfrentam no jogo Resident Evil 5, o Executor Majini, aquele homem grandão com capuz de espinho e machado desproporcional, fez sua estreia no cinema no quarto filme da franquia. Contudo, ao invés de Chris, resta a sua irmã e Alice darem cabo do monstro, com direito a moedas pelo chão, alusivas ao tesouro que ele deixa depois que é morto no jogo.

Kipepeo – Resident Evil 6: O Capítulo Final (2016)

Já que falamos do jogo Resident Evil 5, o último item da nossa lista de acertos da franquia no cinema vem justamente dele: Kipepeo. O monstro alado ganhou uma versão anabolizada em Resident Evil 6: O Capítulo Final, em uma clara alusão ao Batipede, a criatura que mistura morcego e centopéia e sai de um caminhão para infernizar Chris Redfield e sua parceira no game da Capcom.

E aí? Curtiu a lista? Faltou alguma coisa? Vale lembrar que Resident Evil recebeu sua mais recente adaptação para o cinema com Bem-Vindo a Raccon City, que está atualmente disponível na HBO Max.

Na próxima quinta-feira (14), os fãs poderão ver como a Netflix vai adaptar a história de monstros e zumbis mais famosa dos games em uma série live-action.

Next Post

Resident Evil: a saga dos personagens nas adaptações

A sina de toda adaptação de games para as telonas é a coerência com seus personagens. Resident Evil que o diga, pois, a saga de jogos famosos por seus zumbis e ameaças biológicas sofreu bastante com seus personagens, ao ganhar produções para o cinema. Os filmes de Resident Evil fizeram […]
Resident-Evil-Leon-Claire