Kamen Rider Zi-O é o próximo tokusatsu do Amazon Prime Video

Carlos Bazela

Depois de confirmar a chegada de duas séries de Kamen Rider ao Brasil em maio, a Sato Company cumpriu sua promessa com a volta do clássico Kamen Rider Black. Mas ainda faltava a confirmação de qual seria a produção inédita da franquia que aportaria por aqui.

Faltava. No último domingo, a página da empresa dedicada aos tokusatsus, a TokuSato, divulgou um vídeo confirmando a chegada de Kamen Rider Zi-O no Amazon Prime Video, streaming que já conta com diversas produções do gênero no catálogo, incluindo os famosos Jaspion e Changeman. Veja o anúncio oficial abaixo, feito pelo produtor Shinichirô Shirakura, da Toei Company:

https://www.facebook.com/TokusatsuTVSATO/videos/385432245954826/

De acordo com o informativo, a série deve chegar entre as estreias de outubro, mas ainda não há informações sobre dublagem. Portanto, é possível que o novo toku venha apenas com o áudio original em japonês e legendas em português, como acontece com Garo.

Lançada em 2018, Zi-O foi a última série da Era Heisei do Japão e presta homenagem a esse período com uma história recheada de viagens no tempo, na qual o personagem visita outros Riders dos anos 2000, como Kabuto, 555 (Faiz) e Decade.

O garoto destinado a ser rei

Na história, seguimos Sougo Tokiwa, um estudante de 18 anos que tem uma obsessão: se tornar rei. De repente, sua vida muda quando encontra uma garota chamada Tsukuyomi, que vem do futuro em sua nave com um aviso: ele irá sim se tornar rei, mas um chamado Kamer Rider Zi-O, um déspota demoníaco que governará o mundo.

Sem entender como ficará maléfico no fim da história, Tokiwa se vê obrigado justamente a se transformar no herói para impedir que os Time Jackers destruam o tecido do espaço-tempo. Tudo isso contando com o auxílio do Kamen Rider Geiz e dos outros Riders do passado.

A Sato ainda não divulgou quando Kamen Rider Zi-O chega ao Amazon Prime Video. Mas, vale ficar de olho, pois será uma ótima oportunidade para o público brasileiro conhecer outros personagens da franquia que vieram depois de Kamen Rider Black RX, a segunda e última série da linhagem a passar por essas bandas.

O impasse com Black

Se a estreia de Kamen Rider Zi-O é motivo de sobra para os fãs de tokusatsu comemorarem, a alardeada volta de Kamen Rider Black à TV aberta e posteriormente ao serviço da Amazon acabou deixando um gosto agridoce na boca do público.

Após a exibição dos dois primeiros episódios, Black foi limado da grade de programação da Band por questões judiciais. Segundo informações apuradas pelo BN, há um imbróglio entre a Sato Company e um dos dubladores por discordâncias na cessão de direitos de voz do ator.

Atualmente, o quadro dominical da Band que passava as produções japonesas saiu do ar, dando lugar ao retorno da programação esportiva. Com isso, ainda não sabemos se voltaremos a ver Black Kamen Rider por aqui, mesmo no Prime Video. Afinal, todas as produções antigas da Sato que estão por lá seguem apenas com opção de áudio dublado.

Next Post

Refilmagem de Convenção das Bruxas ganha trailer

Baseado no livro de Roald Dahl, o remake de Convenção das Bruxas teve seu primeiro trailer liberado pela Warner Bros. Pictures nesta sexta-feira (02/10). A distribuidora ainda confirmou o lançamento da produção nos cinemas brasileiros, enquanto nos EUA o título será disponibilizado em 22 de outubro no catálogo do serviço […]