CCXP 2019: 2ª temporada de The Boys será mais profunda e violenta

Convidados do serviço de streaming Amazon Prime Video para a CCXP 2019, Antony Starr (Homelander), Erin Moriarty (Starlight), Karen Fukuhara (Female) e Jessie T. Usher (A-Train) já trabalham na divulgação da 2ª temporada de The Boys. Em entrevista, os atores comentaram o que vem aí e analisaram o desenvolvimento de seus personagens. “Na primeira temporada, os protagonistas descobrem seu lugar no mundo. Já na segunda [temporada], tudo que eles têm é levado e veremos como cada um irá reagir”, diz Starr.

Para o intérprete do líder dos Sete, a nova fase da atração, que estreia em 2020, promete ser ainda mais intensa do que a 1ª temporada. “Eric Kripke [o showrunner] me disse que não faríamos algo maior do que a temporada anterior, mas, sim, mais profundo”, conta Starr, afirmando que a conversa com Kripke foi “música para seus ouvidos”. No entanto, o neozelandês é categórico ao afirmar que haverá mais cenas nos próximos episódios. “Teremos muito sangue jorrando. Daria para encher esta sala”, brinca Antony Starr.

Antony Starr, Erin Moriarty, Karen Fukuhara e Jessie T. Usher atenderam a imprensa em SP. (Foto: Amazon)

Núcleo feminino do seriado, Erin Moriarty e Karen Fukuhara destacam os encontros inéditos. “Essa temporada trará crossovers entre personagens que até então não haviam interagido”, antecipa Moriarty. “Starlight e Female estarão próximas agora”, antecipa Fukuhara. Segundo Moriarty, o contato com Female impactará Starlight. “Minha personagem percebe que vive num mundo cruel e adotará traços mais humanos, abraçando seu lado sombrio”, comenta Moriarty, que descontrai pedindo uma cena de voo para justificar sua capa.

Além das novidades sobre a trama, o grupo abordou o tema central da produção. “Fazemos um paralelo com famosos”, declara Starr. “A-Train morreria pela fama, para seguir como o homem mais rápido do mundo. Mas ele não se importa em salvar vidas”, relata Usher, sobre o velocista que dependente de drogas ilícitas para continuar no auge. “Sinto que é o momento certo para a série. O mundo passa por mudanças”, completa Starr, citando a influência e impunidade em benefício de artistas, políticos e atletas.

Assista ao teaser da segunda temporada de The Boys lançado na CCXP 2019:

Next Post

Harley Quinn: série animada confronta machismo e relacionamentos tóxicos

Criada por Paul Dini e Bruce Timm, a Arlequina fez sua estreia em Batman: A Série Animada em 1992 como a namorada que se rebela contra Coringa. Anos depois, a personagem ilustra suas próprias histórias em quadrinhos e está prestes a consolidar sua independência com o filme em live-action Aves […]