Amizade supera medo em It: Capítulo Dois

Sequência de It: A Coisa, a nova adaptação do clássico de Stephen King estreia nesta quinta-feira (05/09) nos cinemas brasileiros, trazendo o confronto final entre o Clube dos Otários e Pennywise (Bill Skarsgård, de Deadpool 2), o palhaço assassino, 27 anos após seu primeiro encontro. Dirigido por Andy Muschietti (Mama), It: Capítulo Dois (It Chapter Two, EUA, 2019) se apresenta como o mais longo filme de terror da história – com 2h49 de duração –, tendo seu elenco completamente reformulado para uma história muito mais madura.

Distribuído pela Warner Bros. Pictures, o longa mostra o reencontro entre o escritor Bill Denbrough (James McAvoy, de X-Men: Fênix Negra), o comediante Richie Tozier (Bill Hader, de Descompensada), o analista de riscos Eddie Kaspbrak (James Ransone, de A Entidade), o arquiteto Ben Hanscom (Jay Ryan, de A Bela e a Fera), a empresária Beverly Marsh (Jessica Chastain, de A Hora Mais Escura) e o contador Stanley Uris (Andy Bean, de Swamp Thing), recrutados pelo bibliotecário Mike Hanlon (Isaiah Mustafa, de Caçadores de Sombras).

O Clube dos Otários está de volta para enfrentar Pennywise. (Foto: Warner)

Na volta para a pequena – e assombrada – cidade de Derry, no Maine (EUA), novas ocorrências de desaparecimentos e estranhos assassinatos começam a acontecer depois de quase três décadas da derrota de Pennywise – uma vez que o apetite da maléfica criatura se prova voraz. Com isso, o grupo se vê na obrigação de voltar para dar cabo da ameaça do palhaço dançarino, sabendo que, para tanto, cada um deles precisará enfrentar seus maiores medos. Contudo… será que todos estão dispostos a encarar os temores que passaram a vida tentando esquecer?

Apesar de toda a alegoria de monstros, mortes violentas e sustos, It: Capítulo Dois explora de forma bastante sensível a importância da amizade na superação de cada trauma, agressão ou até mesmo amor não correspondido na infância até seus desdobramentos na vida adulta de cada indivíduo. Deste modo, Pennywise se torna mais um detalhe – uma pedra no caminho dos protagonistas – para uma trama maior, na qual torcemos pela sobrevivência dos personagens, como também para que eles encontrem um jeito de seguir adiante.

Pennywise aparece ainda mais assustador do que nunca. (Foto: Warner)

Promovendo algumas mudanças em relação ao título original, a produção oferece uma experiência em que a emoção se sobrepõe ao terror, mesmo que ainda faça o público ocasionalmente saltar assustado da poltrona.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.