Altered Carbon: Nova Capa é novo caminho para Takeshi Kovacs

Desde a estreia de seu primeiro ano, a história de ficção científica de Altered Carbon mostra raízes no Japão. A começar pelo protagonista, Takeshi Kovacs, que é mostrado mais ao longo das duas temporadas em sua “capa de nascimento” vivida pelo ator oriental Will Yun Lee (The Good Doctor).

Então, por que não aproveitar esse universo e expandi-lo como um anime? Foi exatamente o que pensou a Netflix com Altered Carbon: Nova Capa, longa animado da franquia – disponível no streaming desde o dia 19 de março –, que traz Yoshiyuki Okada e Takeru Nakajima na direção e roteiros de Tsukasa Kondo e Dai Satô. Este último, escreveu episódios para animes de renome, como Eureka Seven e Comboy Bebop.

A Netflix vem criando um universo rico e diverso inspirado em Altered Carbon. (Foto: Netflix)

Cronologicamente, Nova Capa se passa antes da primeira temporada e mostra Kovacs (Ray Chase, de Mulher Maravilha: Linhagem de Sangue) sendo reencapado por pedido de Tanaseda Hideki (Doug Stone, de O Fantasma do Futuro), chefe da Yakuza e um antigo mentor. O local, desta vez, é o planeta Latimer e o prêmio, o perdão por atividades consideradas criminosas no mundo de Harlan. Já a missão é investigar a morte do irmão de Hideki e sua ligação com Holly (Brittany Cox, de The Exceptionals), a jovem tatuadora que está com a cabeça a prêmio.

O Último Emissário reúne forças com Gena (Elizabeth Maxwell, de Overlord, operativa local da tropa de elite CCAT para descobrir quem está tentando matar Holly e o que isso tem a ver com o misterioso ritual de sucessão de liderança no Sindicato Mizumoto, a máfia local, e com a própria família Hideki.

Futuro da franquia

Altered Carbon: Nova Capa traz uma trama simples, porém interessante. Explica aos marinheiros de primeira viagem o contexto do universo criado pelo escritor Richard Morgan em seus livros, mas está cheia de referências e personagens importantes para quem viu as duas temporadas da série, das quais falamos aqui e aqui. Por isso, aconselhamos assistir ao live-action antes do desenho.

O anime termina de forma aberta, dando gancho para mais aventuras de Takeshi Kovacs nesse formato. Aliás, com uma animação belíssima, que encanta pelas cores e fluidez, o universo de Nova Capa pode facilmente se tornar o oficial em um eventual cancelamento do live-action, cuja terceira temporada ainda não foi confirmada. Ou mesmo como recurso para expandir seu universo com histórias complementares se passando fora dos períodos da série principal.

Comentários
Carlos Bazela

Carlos Bazela

Jornalista e leitor compulsivo, gosta de cerveja, café e chá preto não necessariamente nessa ordem. Fã de boas histórias, principalmente daquelas contadas por meio de desenhos e balões.

Comentários estão fechados.