Sessão Retrô: Procurando Nemo (2003)

Um clássico da Disney•Pixar, Procurando Nemo foi lançado em 2003 e, além de conquistar as crianças e os adultos, venceu o Oscar de 2004, na categoria de Melhor Animação. Dirigida e roteirizada por Andrew Stanton (Vida de Inseto), esta simpática produção acompanha toda a jornada do peixe-palhaço Marlin em busca de seu filho, o pequenino Nemo, que foi levado do mar por um mergulhador.

Apesar de reservar muita diversão para o telespectador, o título começa de forma dramática, com Marlin tornando-se viúvo e tendo somente o bebê Nemo como sua família. Superprotetor, o pai insiste em manter a prole sempre ao alcance de suas barbatanas, inclusive quando chega o momento de Nemo frequentar a escola pela primeira vez, juntando-se aos outros peixinhos do coral.

"FINDING NEMO 3D" (L-R) NEMO and MARLIN. ©2012 Disney/Pixar. All Rights Reserved.
Enquanto procura Nemo, Marlin redescobre o mundo que tanto temia. (Foto: Disney•Pixar)

Devido à tragédia que culminou na morte de sua mãe, Nemo tem uma nadadeira defeituosa (carinhosamente chamada de “nadadeira da sorte”), o que leva Marlin a acreditar que o filho não poderá nadar bem nunca e passa a protegê-lo de qualquer experiência que achar perigosa. Entretanto, tanto cuidado faz com que Nemo tenha ainda mais vontade de conhecer o vasto mundo submarino ou de pelo menos viver como uma “criança” normal.

Para provar aos colegas de turma que é tão bom quanto eles, Nemo aceita o desafio de se aproximar de um barco, apesar das recomendações do pai. E o resultado disso é que Nemo é capturado por um dentista de Sydney (Austrália) e colocado em seu aquário. Desesperado, Marlin abandona todos os seus medos e parte sozinho para procurar por Nemo, até que encontra Dory, uma peixe Cirurgião-Patela, que sofre de perda de memória recente.

Sessão-Retrô-Procurando-Nemo-1
Longe de seu pai, Nemo é acolhido pelo misterioso Gill e os outros peixes do aquário. (Foto: Disney•Pixar)

Os verdadeiros protagonistas do filme, Marlin e Dory desenvolvem uma parceria improvável, uma vez que representam o exato oposto um do outro. Contudo, seguindo mantra “continue a nadar, continue a nadar”, de Dory, a dupla encara Bruce e seu grupo de tubarões, um monstro do oceano profundo e se deparam com uma “floresta de águas-vivas”. Além disso, Marlin e Dory conhecem um bando de tartarugas com jeito de surfistas, liderado por Crush.

Sessão-Retrô-Procurando-Nemo-3
O mar reserva grandes aventuras para Marlin e Dory! (Foto: Disney•Pixar)

Um filme para a família inteira, Procurando Nemo proporciona diversas emoções, transmite mensagens que são válidas até hoje e, claro, introduz a carismática Dory. Se a animação não fez parte da sua infância, não perca tempo e assista!

Next Post

Cris Peter, colorista de Astronauta - Magnetar, é confirmada na CCXP 2016

Primeira brasileira ao Prêmio Eisner (considerado o Oscar dos quadrinhos), Cris Peter foi confirmada como uma das atrações da Comic Con Experience 2016, que será realizada de 1 a 4 de dezembro, novamente no São Paulo Expo. Acumulando 14 anos de experiência, a colorista já trabalhou nas principais editoras da […]