Scooby-Doo e Batman: Os Bravos e Destemidos: Mistérios, diversão e biscoitos

Prepare-se para o suprassumo da investigação criminal. Sim, estamos falando da crossover entre Batman, o maior detetive do mundo, e os famosos integrantes da Mistério S/A, que são Fred Jones Jr., Velma Dinkley, Daphne Blake, Norville “Salsicha” Rogers e, claro, Scooby-Doo. Reunindo os personagens da DC Comics e Hanna-Barbera, o filme animado Scooby-Doo e Batman: Os Bravos e Destemidos (Scooby-Doo & Batman: The Brave and the Bold, EUA, 2018) abre o ano de estreias do Universo Animado DC Comics com mistérios, diversão e biscoitos.

Você imagina o tamanho do problema quando vê Batman e a Mistério S/A no mesmo caso. (Foto: DC Comics)

Com a direção de Jake Castorena (Justice League Action) e roteiro assinado pela dupla James Tucker (Batman: O Retorno da Dupla Dinâmica) e Paul Giacoppo (Os Vingadores Unidos), a animação mostra a inusitada aliança entre Batman e a turma de Scooby-Doo para solucionar o único caso não resolvido pelo Cruzado Encapuzado. Para isso, o grupo da van azul florida ruma até a Cidade das Sombras como convidados da Analistas de Mistérios de Gotham, uma força-tarefa especial composta por Caçador de Marte, Questão, Canário Negro, Homem-Borracha e Detetive Chimp.

A animação traz os personagens da DC Comics e Hanna-Barbera em visuais clássicos. (Foto: DC Comics)

Em meio a uma trama intrincada, surge o inédito vilão Crimson Cloak, um fantasma do primeiro de atuação Cavaleiro das Trevas, que, nunca fatídica missão, deixara de salvar uma das vítimas de um acidente científico. Então, a história se complica mais quando a trupe de Charada, Coringa, Pinguim, Mulher-Gato, Arlequina, Hera Venenosa e Cara-de-Barro surgem no caminho de Fred, Velma, Daphne, Salsicha, Scooby-Doo, que precisam assumir seu lado mais heroico para salvar o dia quando nem os membros da Liga da Justiça são capazes.

Família Batman? Este é um dos momentos mais épicos da obra! (Foto: DC Comics)

Embora não seja o melhor título do catálogo da DC, Scooby-Doo e Batman: Os Bravos e Destemidos é competente em divertir públicos de idades variadas, seja com as interações entre os personagens de casas diferentes, protagonistas e antagonistas desenhados em traços fiéis àqueles de animações clássicas (como Scooby-Doo, Cadê Você? e Batman: Os Bravos e Destemidos) e pelo visual colorido da produção. Destaca-se a influência do Batman, de 1966, de Adam West.

Deste modo, Scooby-Doo e Batman: Os Bravos e Destemidos é a resposta certa para a pergunta “risadas e nostalgia, cadê vocês?”.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.