Powerless será a nova série da DC Comics na TV

Depois de Arrow, Gotham, The Flash, Supergirl e DC’s Legends of Tomorrow, o universo da DC Comics na TV continua numa expansão sem precedentes – superando a concorrente Marvel. Já encomendada pelo canal norte-americano NBC (mesma emissora que exibiu e também cancelou Constantine), a comédia Powerless será a nova atração da “DC TV” (conjunto de produções baseadas nos gibis da editora). “Normalmente, os super-heróis são glamourizados e admirados, mas a nossa série não é sobre eles. É sobre as pessoas que vivem num mundo cheio deles”, afirmou Vanessa Hudgens (Sucker Punch: Mundo Surreal), que interpretará a protagonista Emily Locke.

Inspirado em The Office, o programa apresenta o cotidiano da cidade de Harmony, em que uma corretora de seguros precisa lidar com os prejuízos ocasionados pelas ações desastradas de seres superpoderosos. Embora ainda não haja qualquer estimativa sobre o número de capítulos de sua primeira temporada, o seriado teve confirmados os nomes dos atores Danny Pudi (Community), como Teddy, e Alan Tudyk (Zootopia), na pele de Del Heller. ”Sou o vilão de Powerless, um tipo de Lex Luthor. Sou o novo chefe que é terrível em seu trabalho”, antecipou Tudyk, durante uma entrevista ao canal oficial da DC Comics no YouTube.

POWERLESS -- Pictured: "Powerless" Horizontal Key Art -- (Photo by: NBCUniversal)

Primeira comédia da DC Comics, Powerless deve estrear somente em 2017. (Foto: NBCUniversal)

Com este cenário, a série desenvolverá os rumos e conflitos dos personagens. “Emily Locke é a heroína de Powerless. Ela é a chefe de reivindicações de uma companhia de seguros, que ama o que faz, mas sofre por achar que tem um propósito maior”, descreveu Hudgens, que definiu seu papel como uma “garota divertida no poder”. Diferente do que costuma acontecer em títulos baseados em HQs, a produção não deve conceder superpoderes aos seus protagonistas, pelo menos é o que espera Danny Pudi. “Eu [o Teddy] não quero superpoderes. Só quero ser uma pessoa melhor.“

Apostando numa abordagem incomum, a sitcom Powerless pretende mostrar como funcionaria o insano universo dos super-heróis dentro do mundo real, explorando situações recorrentes no dia-a-dia. Questionado sobre o herói que acumula mais reclamações, Alan Tudyk entregou: “Aquaman… Aquele cara está envolvido em todo problema com água. Tudo fede a peixe, é pior do que fumaça. Não dá pra tirar dos móveis e da parede”. Além disso, no episódio piloto, o programa também faz referências a Mulher-Maravilha, Lanterna Verde, Gavião Negro e ao antagonista Lex Luthor.

Powerless-Episódio-Piloto

Como os fantasiados lá fora, os funcionários da seguradora assumem papéis de heróis e vilões. (Foto: NBCUniversal)

Inicialmente, Powerless terá as aparições da heroína chamada Raposa Escarlate (Crimson Fox) e do vilão Fogo-Fátuo (Jack O’Lantern), porém, com o easter egg da lanchonete Big Belly Burger, a atração poderá realizar crossovers com Arrow, The Flash, Supergirl e DC’s Legends of Tomorrow.

Assista a entrevista com Vanessa Hudgens, Danny Pudi e Alan Tudyk e saiba mais detalhes sobre Powerless:

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.