Nintendo Labo: Conheça a linha de acessórios de papelão para Nintendo Switch

Quando você acha que consoles portáteis, jogos em realidade aumentada, controles que detectam os movimentos do jogador e um videogame doméstico e mobile ao mesmo tempo são o máximo que a experiência gamer pode ter, a Nintendo prova que pode surpreender. Imagine que além de curtir jogos cada vez mais exuberantes, você pode contribuir com o meio ambiente utilizando equipamentos ecologicamente corretos. Sim, a empresa japonesa acaba de apresentar uma linha de acessórios de papelão para Nintendo Switch: é a Nintendo Labo!

Com os acessórios da Nintendo Labo, seu Nintendo Switch fica muito mais interativo! (Foto: Nintendo)

Assim como os bonecos Amiibo, os produtos da Nintendo Labo prometem interagir com o videogame mais recente lançado pela Nintendo Company – sim, o Nintendo Switch –, porém, com fabricação a partir de materiais recicláveis. Com a surpreendente iniciativa, marca espera oferecer aos jogadores – especialmente os mais jovens – a oportunidade de criar, brincar e fazer descobertas, assim como faziam os brinquedos mais tradicionais antes desta “era digital”.

Conforme anúncio oficial, o Robot Kit, da Nintendo Labo, sairá por US$ 79,99. (Foto: Nintendo)

Entre as possibilidades desta novidade estão a montagem de casas, pianos, anzóis, de um simpático robozinho e o que mais a imaginação permitir. Sem componentes plásticos nem eletrônicos, os itens do Nintendo Labo têm lançamento no mercado confirmado para o próximo dia 20 de abril. Para quem deseja adquirir a linha de acessórios, a Nintendo anunciou que o pacote mais simples – chamado Variety Kit – custará US$ 69,99, enquanto o pacote mais robusto – o Robot Kit – chegará por US$ 79,99.

Assista à primeira demonstração do Nintendo Labo:

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.