DC reformula publicações e encerra selo Vertigo

A DC Comics anunciou por meio de comunicado oficial uma reestruturação em sua linha de quadrinhos para o ano que vem. Com isso, o selo Vertigo será encerrado no fim de 2019. Lançado em 1993, o selo foi responsável por publicar HQs emblemáticas com temática mais adulta, como Watchmen, Sandman e Hellblazer, o gibi que trouxe John Constantine.

“Nós estamos voltando a apresentar tudo sob uma única marca, a DC, que se fazia presente na maioria dos nossos materiais até 1993, quando lançamos a Vertigo para publicar materiais mais ousados”, disse Dan DiDio, publisher da DC.

Para organizar suas publicações, a DC anunciou três novas subdivisões: DC Kids, focada em leitores de 8 a 12 anos; DC, para quem tiver a partir de 13 anos; e DC Black Label, pela qual deverá ser publicado o conteúdo adulto (isto é, leitores de 17 anos para cima) – público cativo dos títulos da Vertigo. “Esse novo sistema vai substituir a classificação etária que utilizamos atualmente em nossos materiais”, explicou DiDio.

Fim de uma era.

O encerramento da Vertigo foi recebido com certa tristeza a escritores e desenhistas, pois, o selo era conhecido como ótima porta para publicar conteúdos que poderiam não ter o espaço devido em uma grande editora. Contudo, Jim Lee, o atual chefe criativo da DC, tratou de tranquilizar a todos, dizendo que nada mudará nesse sentido.

“Vamos continuar publicando projetos autorais. Iremos avaliar e distribuí-los na divisão correspondente para auxiliar nossos fãs a encontrar os livros mais interessantes para eles. Essas novas subdivisões trarão não só uma consistência maior para nossos personagens, como abrem um leque de oportunidades para os talentos que trabalham conosco”, finalizou Lee.

Comentários
Carlos Bazela

Carlos Bazela

Jornalista e leitor compulsivo, gosta de cerveja, café e chá preto não necessariamente nessa ordem. Fã de boas histórias, principalmente daquelas contadas por meio de desenhos e balões.

Comentários estão fechados.