DC Future State apresenta Mulher-Maravilha brasileira e Flash não-binário

Para colocar a casa em ordem depois de Dark Nights: Death Metal, a DC Comics já prepara o lançamento de um novo evento em seus quadrinhos, visando reorganizar suas publicações após as paradas na publicação por conta da pandemia do novo coronavírus. Entre os meses de janeiro e fevereiro de 2021, DC Future State será lançada com uma combinação de antologias, minisséries e histórias de leitura curta.

A saga possui desenvolvimento de um time estelar de quadrinistas, que inclui Mariko Tamaki, Brian Michael Bendis, Gene Luen Yang, Joëlle Jones, Joshua Williamson, Nicola Scott, Cully Hamner e John Timms. Além disso, também foram confirmados talentos em ascensão no mercado, como John Ridley, Brandon Vietti, Meghan Fitzmartin, Brandon Easton, Alitha Martinez, L.L. McKinney, Paula Sevenbergen e Siya Oum.

Esta nova fase trará impacto sobre os gibis da Bat Família, Superman, Liga da Justiça, Shazam, Monstro do Pântano, Lanternas Verdes e Novos Titãs. Porém, as principais novidades são Yara Flor, a Mulher-Maravilha brasileira criada por Joëlle Jones, e Jess Chambers, uma versão não-binária de The Flash, cuja estreia irá acontecer na HQ DC’s Very Merry Multiverse, assinada por Ivan CohenEleonora Carlini.

Next Post

Em live-action, Tom & Jerry: O Filme tem trailer revelado

A Warner Bros. Pictures liberou o primeiro trailer do live-action Tom & Jerry: O Filme. Segundo a distribuidora, o longa deve estrear nos cinemas em 2021. O título tem direção de Tim Story (Quarteto Fantástico) e roteiro de Kevin Costello (As Aventuras de Brigsby Bear). No elenco, a atração conta […]