Coisa Mais Linda: 2ª temporada encara todas as faces do machismo

Produção nacional da Netflix, a série Coisa Mais Linda retorna ao serviço de streaming na sexta-feira (19/06) para sua segunda temporada, com suas protagonistas diante de novos desafios, romances e descobertas. Elaborada por Giuliano Cedroni (Copa Hotel) e Heather Roth (I Was a Greenhouse), a atração original se passa no Rio de Janeiro do começo da década de 1960, apresentando um drama sobre a luta constante de mulheres contra o machismo e racismo.

Nós, do Boletim Nerd, tivemos acesso antecipado aos primeiros quatro episódios dessa nova temporada do programa e vamos contar um pouco do que está vindo aí. Neste ano, Malu (Maria Casadevall, de Os Dias Eram Assim), Adélia (Pathy Dejesus, de Rua Augusta) e Thereza (Mel Lisboa, de Presença de Anita) sofrem com os traumas de uma perda trágica, à medida que algumas novidades vão surgindo na vida profissional e particular de cada uma delas.

Maria Casadevall vive Malu em Coisa Mais Linda

Malu tem sua independência ameaça pela volta do marido, que recusa o desquite. (Foto: Netflix)

Para Malu, a principal questão aqui é o reaparecimento de seu marido, Pedro (Kiko Bertholini, de 9mm: São Paulo), que chega transformando o clube Coisa Mais Linda – erguido pela moça e suas sócias – em um restaurante. Para recuperar o que é seu, Malu encara a pré-disposição machista da sociedade e da legislação da época, além de todos os julgamentos de pessoas próximas e chantagens do esposo, para reconquistar sua independência, filho e patrimônio.

Enquanto isso, Adélia encaminha seu casamento com Capitão (Ícaro Silva, de Legalize Já: Amizade Nunca Morre), evento que promove o retorno de seu pai, Duque (Val Perré, de Sol Nascente), por quem nutria mágoas. No núcleo de Adélia, há destaque para sua irmã caçula, Ivone (Larissa Nunes, de 3%), jovem trabalhadora, mas que demonstra talento para brilhar como cantora. Em desabafo, Ivone fala como o medo do racismo pesa sobre sua vida e decisões.

Larissa Nunes é Ivone em Coisa Mais Linda

Ivone teme as consequências que uma carreira como artista em sua vida. (Foto: Aline Arruda/Netflix)

Por fim, chegamos à saga de Thereza. Ao abandonar a redação da revista feminina, a personagem passa a se dedicar ao relacionamento com seu marido, Nelson (Alexandre Cioletti, de Treze Dias Longe do Sol), e à Conceição (Sarah Vitória), filha dele com Adélia. Porém, a rotina doméstica empolga como o lado profissional, o que leva Thereza a um desafio no radiojornalismo, travando duelo com o apresentador Wagner (Alejandro Claveaux, de Amor de Mãe).

Diante de novos perrengues, amores e a sombra do feminicídio, Coisa Mais Linda entrega uma história sobre um grupo de mulheres, como tantas outras, que usa de força, graça e inteligência para se sobressair no dia a dia e, assim, resolver problemas graves de formas somente elas são capazes.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.