Alien, Predador, Juiz Dredd e o crossover que sua nerdice precisa

Muito populares nos EUA, onde são publicados pela editora Dark Horse, os quadrinhos do Alien e Predador expandem a mitologia criada nos filmes para novas fronteiras. Em arcos fechados, que raramente têm continuidade entre si, as equipes criativas têm a chance de contar ótimas histórias sobre as duas criaturas assassinas. Inclusive jogar uma contra a outra de tempos em tempos, como já foi feito até no cinema

No Brasil, embora algumas histórias de Aliens versus Predador tenham sido publicadas, é nos crossovers com outros personagens que temos a chance de curtir os alienígenas no papel. Batman, Superman e a própria Liga da Justiça já enfrentaram ambas as espécies juntas ou separadamente. Mas, alguns dos melhores confrontos das criaturas são os que têm o Juiz Dredd como antagonista.

Juiz Dredd encara criaturas monstruosas na defesa de Mega-City Um. (Foto: Dark Horse/IDW)

O mais recente, Predador vs. Juiz Dredd vs. Aliens – Genes Mortais, de John Layman, Chris Mooneyham e Michael Atiyeh, acaba de sair aqui pela Mythos Editora. Na trama, os juízes de Mega-City Um saíram da cidade no encalço do Arcebispo Emoji, robô genocida líder de um culto apocalíptico que acaba de ordenar um atentado com milhares de mortes.

A narrativa fica ainda mais complicada quando o grupo de defensores da lei cruza seu caminho com o Dr. Reinstöt, um geneticista sem escrúpulos que cria híbridos de humanos com animais e acaba de encontrar não só um Predador ferido em um pouso forçado, como um crânio de Alien com o DNA das criaturas preservado. Daí pra frente, cabe ao Bom Juiz deter o cientista louco e seu exército de híbridos antes que eles promovam uma carnificina na megalópole. Nem que pra isso precise fazer alianças improváveis.

Mais ação e menos terror

O crossover dos alienígenas com o Juiz Dredd bebe muito do que foi feito no cinema recentemente. Principalmente no que diz respeito ao Predador, cujo enredo é uma narrativa de ação e, em muitos momentos, com humor negro. Afinal, não é a primeira vez que o público vê o caçador extraterrestre.

Nesse gibi, a linha é a mesma. Dredd já enfrentou um Predador antes e, nessa história, o roteiro opta por carregar mais no ritmo frenético, aproveitando o ineditismo do encontro. E essa fórmula se repete no primeiro encontro do justiceiro do futuro com os Aliens, na qual a trama emula o terror claustrofóbico que dá o tom do primeiro longa da franquia.

Prepare-se para ver muito sangue derramado neste novo crossover. (Foto: Dark Horse/IDW)

Outro ponto que faz a HQ funcionar é o universo de absurdos que é o mundo de Dredd. Em uma terra com mutantes, robôs homicidas e todo o tipo de crime bizarro que só uma história pós-apocalíptica traz, Aliens e Predadores não são tão estranhos assim. E é por isso que o volume se torna irresistível demais para qualquer nerd fã de quadrinhos e das duas raças assassinas não ler – e curtir.

Tanto o encontro anterior do Juiz Dredd com oAliens quanto com Predador foram publicados pela Mythos e, há pouco tempo, reunidos em um único encadernado.

Predador vs. Juiz Dredd vs. Aliens – Genes Mortais

Editora: Mythos
Autores: John Layman (roteiro), Chris Mooneyham (ilustrações) e Michael Atiyeh (cores)
Lombada: quadrada
Capa: dura
Páginas: 104
Formato: 26,4 x 17,2 cm
Lançamento: agosto/2019

Comentários
Carlos Bazela

Carlos Bazela

Jornalista e leitor compulsivo, gosta de cerveja, café e chá preto não necessariamente nessa ordem. Fã de boas histórias, principalmente daquelas contadas por meio de desenhos e balões.

Comentários estão fechados.