Agents of S.H.I.E.L.D. foca nos Inumanos e mostra melhora na 3ª temporada

Contestada pelo público, Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. indica ter se encontrado em sua terceira temporada, confirmando o foco nos Inumanos e no que restou da H.Y.D.R.A., além de investir no desenvolvimento de seus personagens principais.  Desta vez, o programa manteve-se distante dos eventos do Universo Cinematográfico Marvel e embarcou numa história original (dividida em duas partes), o que resultou numa aventura capaz de prender a atenção dos fãs e que demonstrou evolução significativa se comparada às temporadas anteriores.

Sem apoiar-se nas participações especiais de Nick Fury (Samuel L. Jackson, de Os Oito Odiados), da asgardiana Lady Sif (Jaimie Alexander, de Blindspot), Maria Hill (Cobie Smulders, de How I Met Your Mother) e Peggy Carter (Hayley Atwell, de Os Pilares da Terra), Agents of S.H.I.E.L.D. aborda a disseminação do composto terrígeno pelo mundo e seus efeitos. Assim, o diretor Phil Coulson (Clark Gregg, de The New Adventures of Old Christine), e seus agentes precisam encarar vilões com superpoderes, uma organização que captura os Inumanos e, simultaneamente, resgatar Jemma Simmons (Elizabeth Henstridge, de Lute Por Sua Vida), sugada para o sombrio planeta Maveth.

agents-of-shield-review-terceira-temporada (13)

Em 4,722 Hours, Simmons luta pela sobrevivência e descobre que não está sozinha no planeta Maveth. (Foto: Marvel)

No decorrer de seus 22 episódios, a terceira temporada de Agents of S.H.I.E.L.D. abre espaço para evolução de Skye (Chloe Bennet, de Nashville), que assume o nome Daisy Johnson, amadurecimento de Fitz (Iain De Caestecker, de Filth) e a ascensão dos papeis de Mack (Henry Simmons, de Nova Iorque Contra o Crime) e Lincoln Campbell (Luke Mitchell, de The Tomorrow People). Por outro lado, em Parting Shot, a série se despediu do casal Bobbi Morse (Adrianne Palicki, de G.I. Joe: Retaliação) – a Harpia – e Hunter (Nick Blood, de Misfits), escalados para estrelar Marvel’s Most Wanted.

Positivamente, o seriado apresentou o grupo de heróis Inumanos formado por Daisy Johnson, Lincoln e os novatos Joey Gutierrez (Juan Pablo Raba, de Narcos) e Elena ‘Yo-Yo’ Rodriguez (Natalia Cordova-Buckley, de Ella y el Candidato), teve bons momentos com a transformação de Andrew Garner (Blair Underwood, de Impacto Profundo) em Lash e esboçou a intenção de tirar os holofotes dos conflitos S.H.I.E.L.D. vs. H.Y.D.R.A. (trama que se arrasta desde o começo). Com isso, o auge da temporada foi o capítulo 4,722 Hours, que acompanhou a jornada de Simmons  por Maveth.

agents-of-shield-review-terceira-temporada (8)

Daisy Johnson recruta e lidera e time de Inumanos em algumas missões. (Foto: Marvel)

Entretanto, embora tenham surgido antagonistas como Gideon Malick (Powers Boothe, introduzido em Os Vingadores), Mr. Giyera (Mark Dacascos, de Drive) e os Watchdogs, Agents of S.H.I.E.L.D. erra ao dar novamente o rosto de Ward (Brett Dalton, de Blue Bloods) para seu maior vilão, pois, apesar de ter sido morto, ele reaparece possuído pelo maligno Inumano ancestral chamado Alveus (ou, em tradução do latim, “Colmeia”). A repetição incomoda e deixa evidente que a Marvel é reticente em inserir algum de seus vilões mais populares na atração televisiva.

Mais independente do cinema, a série faz só algumas menções a Vingadores: Era de Ultron e, no episódio Emancipation, traz jogos de palavras e um atrito inspirado em Capitão América: Guerra Civil. Deste modo, Agents of S.H.I.E.L.D. mostra melhora ao criar histórias inéditas, aprofundar-se em seus protagonistas e colocar em cena novos personagens.

agents-of-shield-review-terceira-temporada (20)

Na sua 3ª temporada, Agents of S.H.I.E.L.D. desenvolve histórias para todos os seus personagens. (Foto: Marvel)

A terceira temporada de Agents of S.H.I.E.L.D. prova que, na falta dos X-Men, os Inumanos são uma saída inteligente.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.