Agent Carter: a 1ª série solo em live-action de uma heroína da Marvel

Figura de destaque em Capitão América: Primeiro Vingador (2011), a agente Peggy Carter (Hayley Atwell, de Os Pilares da Terra) se mostrou importante para a construção do universo cinematográfico da Marvel, tendo aparecido até em seu ápice – isto é, Vingadores: Ultimato. Porém, as aventuras da personagem se estendem para fora da telona, uma vez que Carter conquistou o direito de estrelar uma série de TV solo, que estreou em 2015 no canal ABC.

Com apenas 8 episódios em sua primeira temporada, a atração criada por Christopher Markus e Stephen McFeely (dupla de roteiristas da trilogia de Capitão América, Thor 1 e 2 e Vingadores: Guerra Infinita) se passa no ano de 1946, quando a Segunda Guerra Mundial terminou, mas alguns velhos conflitos ainda ameaçam o planeta. Depois de provar seu valor em batalha, Peggy passa a atuar na Reserva Científica Estratégica (RCE), predecessora da S.H.I.E.L.D.

Enver Gjokaj, Chad Michael Murray, Roger Dooley e Hayley Atwell em foto promocional de Agent Carter

Na série, todos os personagens carregam traumas que resultam em histórias emocionantes. (Foto: ABC)

Porém, mesmo com sua experiência e plenas capacidades como agente de campo, a protagonista vive em um ambiente predominante machista, que lhe atribui tarefas como organizar documentos e servir o café. É claro que a moça não se contenta com isso e, quando uma conspiração acusa Howard Stark (Dominic Cooper, de Preacher) por traição, Peggy assume as investigações de forma clandestina, colocando seu emprego e reputação em risco.

Junto do mordomo Edwin Jarvis (James D’Arcy, de Dunkirk) – sim, aquele que inspirou Tony Stark na criação de sua inteligência artificial inicial –, Peggy Carter entra em uma corrida para reaver as mais perigosas invenções de Howard que foram parar no mercado ilegal. No entanto, a dupla acaba se deparando com uma trama de grandes proporções, que envolve a organização terrorista russa Leviatã. Aliás, a progressão do enredo é um dos triunfos.

Dottie Underwood é uma espiã do Leviatã e parece ter sido treinada como a Viúva Negra. (Foto: ABC/Adam Rose)

Dottie Underwood é uma espiã do Leviatã e parece ter sido treinada como a Viúva Negra. (Foto: ABC/Adam Rose)

Mas, o seriado não seria cativante sem personagens tão complexos. Lá na RCE, temos os agentes Daniel Sousa (Enver Gjokaj, de Dollhouse), que perdeu os movimentos de uma perna na Guerra, e Jack Thompson (Chad Michael Murray, de One Tree Hill), tido como herói de guerra, mas que carrega grande vergonha, além do capitão Roger Dooley (Boardwalk Empire). Amiga de Peggy, a garçonete Angie (Lyndsy Fonseca, de Kick-Ass: Quebrando Tudo) sonha ser atriz.

Tendo um curta lançado com o Blu-Ray de Homem de Ferro 3, em 2013, como uma espécie de episódio piloto, Marvel’s Agent Carter tem figurino e cenários de época caprichadíssimos, mensagens claras sobre igualdade de direitos e bom repertório de participações especiais, como Stan Lee e Dum-Dum Dugan (Neal McDonough, de Arrow) e o seu Comando Selvagem. Não é exagero dizer que o título foi um dos maiores acertos da Marvel Television!

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.