5ª temporada: The Flash se adianta para Crise nas Infinitas Terras

Nós já vimos Barry Allen (Grant Gustin, de Glee) ganhar seus superpoderes, se tornar o homem mais rápido do mundo, apaixonar-se por Iris West (Candice Patton, de O Hóspede) e se casar com o amor de sua vida. Qual o próximo passo? Constituir família. Mas, como nada é ordinário na vida do herói, The Flash ganha uma filha vinda do futuro, para ajudá-lo na 5ª temporada de sua série de TV. A narrativa é centrada em Nora West-Allen (Jessica Parker Kennedy, de Black Sails) – conhecida como XS –, que retorna de 2049 para tentar impedir que seu pai desapareça na Crise nas Infinitas Terras.

Composta por 22 episódios, esta temporada repercute os acontecimentos da season finale anterior – quando Barry precisou da ajuda de Nora para conter a ameaça de DeVoe (Neil Sandilands, de The 100) –, algo que não só altera a linha do tempo, como também dá origem à chamada tecnologia meta-humana (objetos com superpoderes). Culpando os meta-humanos por um acidente que atingiu sua família, o assassino em série Cicada (Chris Klein, de Fomos Heróis) – alter ego do operário Orlin Dwyer – começa a deixar uma trilha de corpos por Central City.

Nesta temporada, vemos a família Flash crescer. (Foto: The CW)

O surgimento deste novo vilão exige o máximo das habilidades do Team Flash, como os conhecimentos científicos de Barry, Cisco Ramon (Carlos Valdes, de Vixen: The Movie) e Caitlin Snow (Danielle Panabaker, de Sexta-Feira 13) e o faro investigativo do Homem-Borracha Ralph Dibny (Hartley Sawyer, de NCIS: Los Angeles), Joe (Jesse L. Martin, de Lei & Ordem) e Iris West-Allen (Candice Patton, de O Hóspede) – agora como fundadora do jornal “Cidadão de Central City”. Harrison Wells da Terra-221, o detetive Sherloque (Tom Cavanagh, de Scrubs) reforça a equipe.

Difícil de engrenar, esta trama segue até o final da temporada, mas divide os holofotes com um arco contado no futuro. Afinal, durante cada capítulo, descobrimos que XS tem sido treinada e também manipulada por ninguém menos que Eobard Thawne (Tom Cavanagh) – o Flash Reverso –, que tenta se livrar de pena de morte na prisão de Iron Heighs. Principal inimigo de Barry Allen, o antagonista promete ajudar Nora a derrotar Cicada, mas não sem antes vislumbrar seu próprio benefício. Aqui, o destaque fica por conta da apresentação de Godspeed, que deve retornar ao seriado.

Com um assassino à solta, The Flash ganha atmosfera de investigação policial. (Foto: The CW)

Apesar de irregular e com capítulos mornos, The Flash proporciona bom desenvolvimento para seus personagens nesta temporada. Embora menos participativo, Barry se mostra mais severo na liderança do grupo e como figura paterna, à medida que Cisco, após desilusão amorosa, demonstra interesse em se aposentar como Vibro. Por outro lado, Caitlin se vê mais próxima de descobrir a origem de sua personalidade como Nevasca, seguindo pistas até seu pai, Thomas Snow, que assume a identidade de Geada (Kyle Secor, de Amigos, Sempre Amigos).

A trama familiar faz Barry encarar novamente seu inimigo, Flash Reverso. (Foto: The CW)

Podemos notar certo desgaste no seriado que, além de recorrer ao divertido crossover Elseworlds e ao confronto Tubarão-Rei vs. Gorila Grodd, adianta a Crise nas Infinitas Terras para a próxima temporada – embora o evento estivesse previsto somente para 2024.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.