5ª temporada: Fear the Walking Dead ressalta importância da solidariedade

Embora The Walking Dead tenha dificuldades para manter seus números de audiência e nível de qualidade alinhados, o spin-off Fear the Walking Dead segue demonstrando ser o braço mais forte da saga de zumbis inspirada nos quadrinhos criados por Robert Kirkman. Composta por 16 episódios, a quinta temporada do programa, que tem Andrew Chambliss (Once Upon a Time) e Ian Goldberg (Verão Letal) como showrunners, se concentra menos nos mortos-vivos e conflitos entre grupos e mais na capacidade dos protagonistas em ajudar o próximo.

Quatro meses depois dos eventos da temporada anterior, o seriado tem Morgan Jones como líder do grupo, que conta com Alicia Clark (Alycia Debnam-Carey, de Pedido de Amizade), Althea (Maggie Grace, de Busca Implacável), Victor Strand (Colman Domingo, de Euphoria), o casal John Dorie (Garret Dillahunt, de Deadwood) e June (Jenna Elfman, de Dharma e Greg) e a adolescente Charlie (Alexa Nisenson, de Te Pego na Saída), além dos meio-irmãos Sarah (Mo Collins, de Parks and Recreation) e Wendell (Daryl Mitchell, de NCIS: Nova Orleans).

O grupo é confrontado pelas dificuldades de ajudar desconhecidos. (Foto: AMC)

Os sobreviventes tentam ampliar o alcance de suas operações, mas sofrem um acidente em uma pequena aeronave, que deixa a maior parte do grupo isolada no Texas. A partir daí, Morgan passa a auxiliar a estreante Grace (Karen David, de Legacies) a caçar zumbis contaminados por radiação e John Dorie conhece Dwight (Austin Amelio, de Jovens, Loucos e Mais Rebeldes) – em mais um crossover –, a quem tenta devolver a esperança de encontrar a esposa. Outro rosto familiar de volta é Daniel Salazar (Rubén Blades, de O Predador 2: A Caçada Continua).

Neste ano, vemos o time de benfeitores espalhando fitas para contar sobre suas histórias e seu trabalho para atrair pessoas para ajudar, algo que se mostra mais difícil do que o esperado, devido à desconfiança de muitos sobre a oferta de uma mão amiga em tempos cruéis e por conta daqueles que primam pelo egoísmo, violência e falta de compaixão. É aí que surgem antagonistas como Logan (Matt Frewer, de Watchmen: O Filme), sócio de Polar Bear (caminheiro que deu início a serviço de ajuda), e a implacável Virginia (Colby Minifie, de The Boys).

Líder de seu grupo, Virginia promete ser a vilã da próxima temporada da série. (Foto: AMC)

Mudando o foco do seriado, a 5ª temporada de Fear the Walking Dead tem mensagens muito claras sobre a importância da solidariedade, da empatia, do amor, do pacifismo e das artes como solução para um mundo cada vez mais desumano. Pensando no futuro da franquia, o show do canal AMC incorpora a trama do grupo CRM (cujo helicóptero resgatou Rick Grimes), com a participação da misteriosa Isabelle (Sydney Lemmon, de Toda Arte é Perigosa).

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.