3ª temporada: Supergirl deve encarar ano sombrio

O luto, o término de um relacionamento, a perda de uma pessoa amada… Sim, a coisas piores do que um vilão conquistador de planetas. E é exatamente disso que trata a estreia da 3ª temporada de Supergirl, no episódio intitulado Girl of Steel. Exibido pelo canal norte-americano The CW na última segunda-feira (09/10), o capítulo de abertura se encarregou de mostrar como Kara Danvers (Melissa Benoist, de Glee) tem reagido desde que seu namorado, o daxamita Mon-El (Chris Wood, de The Vampire Diaries), deixou a Terra na batalha contra os Rhea (Teri Hatcher, de Lois & Clark – As Novas Aventuras do Superman).

Supergirl precisará amadurecer para encarar seu terceiro ano de aventuras. (Foto: The CW)

De coração partido, a Garota de Aço tem se afastado da companhia de sua irmã, Alex (Chyler Leigh, de Grey’s Anatomy), que está próxima de se casar com a policial Maggie Sawyer (Floriana Lima, de Máquina Mortífera), e dos seus amigos Hank Henshaw (David Harewood, de Homeland), James Olsen (Mehcad Brooks, de Necessary Roughness), Winn Schott (Jeremy Jordan, de Os Últimos 5 Anos) e Lena Luthor (Katie McGrath, de As Aventuras de Merlin). Menos Kara Danvers e mais Supergirl, a heroína de National City passou a se esquivar dos fãs e agir com brutalidade com bandidos.

Alex deverá se afastar de Maggie Sawyer, uma vez que a atriz Floriana Lima deixará o elenco regular de Supergirl. (Foto: Bettina Strauss/The CW)

Contudo, em um complô armado pelo empresário Morgan Edge (Adrian Pasdar, de Heroes), que planeja aprovar seus projetos de transformar uma área de habitação popular num espaço elitizado para arrecadação de impostos, Supergirl e seu time têm que trabalhar juntos para impedir os ataques terroristas do mercenário Sanguinário/Robert DuBois (David St. Louis, de Parceiros da Vida) à orla da cidade. E isso desencadeia o despertar da vilã conhecida como Régia (Odette Annable, de Cloverfield: Monstro), a destruidora de mundos…

A falta de segurança de National City desperta a ira de uma nova vilã. (Foto: Bettina Strauss/The CW)

Com a presença de Cat Grant (Calista Flockhart, de Ally McBeal: Minha Vida de Solteira) como porta-voz da presidente Olivia Marsdin (Lynda Carter, de Mulher-Maravilha) e a estreia de atriz Erica Durance (ex-intérprete de Louis Lane, em Smallville: As Aventuras do Superboy) como Alura Zor-El – mãe de Supergirl –, o terceiro ano de Supergirl falar sobre crise de identidade, machismo e liberdade de imprensa, além de trazer indiretas a Donald Trump.

No Brasil, a 3ª temporada de Supergirl estreia em 25 de outubro, às 22h30, no Warner Channel.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.