Universo Guará: HQs derivadas de O Doutrinador chegam às bancas do RJ

Depois de expandir o universo do anti-herói Doutrinador, que nós já mostramos aqui, a Guará Entretenimento partiu para um novo patamar em termos de distribuição. A editora brasileira está levando seus personagens para as bancas, onde estão disputando espaço e mercado com personagens das gigantes Marvel e DC Comics, por exemplo.

E a divulgação desse novo passo foi nesse clima. Com artes mostrando os heróis da Guará frente a frente com Batman, Homem de Ferro e Capitão América, a empresa anunciou distribuição setorizada. Os envios começaram no fim de maio para as bancas do Rio de Janeiro, mas já com São Paulo e o restante do Brasil dentro dos planos.

Na última semana, soubemos que a estratégia está dando frutos. A página do núcleo criativo brasileiro no Facebook postou fotos nas quais os jornaleiros confirmam em cartazes: “aqui a Guará bateu a Marvel”.

“Tudo começou quase como uma brincadeira. Era um teste. E nos últimos 10 dias conseguimos o inimaginável! Vejam a mensagem de alguns jornaleiros cariocas… viva o quadrinho brasileiro!!”, diz a postagem, que ainda traz O Doutrinador em sua tradicional pose de vigia sobre uma montanha de heróis da Casa das Ideias.


Prata da casa

A Guará Entretenimento se define como um misto entre editora e núcleo criativo que pesquisa e publica personagens com potencial para figurar em mídias além dos quadrinhos. Seu primeiro “case de sucesso” é O Doutrinador, violento anti-herói criado por Luciano Cunha, conhecido por caçar políticos corruptos no Brasil e já teve três edições publicadas, bem como uma adaptação para o cinema no ano passado. Uma série, feita em parceria com o canal Space, também foi anunciada e pode sair ainda em 2019.

Em março, a Guará lançou 3 títulos: Santo, personagem místico que combate a intolerância religiosa no Rio de Janeiro; Desviantes, HQ futurista com seres superpoderosos; e Pérola, que narra as aventuras de uma ex-garota de programa – que é mais do que parece – enquanto tenta proteger a irmã mais nova de malfeitores.

Seguindo os passos do Doutrinador, Santo já teve sua adaptação confirmada para a telona, enquanto Pérola fará seu o debute em série live-action do anti-herói.

Comentários
Carlos Bazela

Carlos Bazela

Jornalista e leitor compulsivo, gosta de cerveja, café e chá preto não necessariamente nessa ordem. Fã de boas histórias, principalmente daquelas contadas por meio de desenhos e balões.

Comentários estão fechados.