Trilha sonora de Stranger Things 2 chega ao Spotify; ouça

Já maratonou Stranger Things 2 (leia aqui o review)? Sim? Não!? Então, é hora de você definitivamente adentrar o universo da série original Netflix com a trilha sonora oficial que já está disponível no Spotify. Composta por 30 faixas em 1h17 de duração, a novíssima playlist chega repleta de clássicos da década de 1980, reunindo The Police, The Clash, The Bangles, Echo & the Bunnymen, Corey Hart, Duran Duran, Joy Divison, Olivia Newton-John, The Psychedelic Furs, Toto, Jim Croce, DEVO, Bon Jovi, Cyndi Lauper, The Romantics, Fad Gadget, Scorpions, Peter Gabriel e New Order.

Abaixo, escute a trilha sonora completa de Stranger Things 2:

Além disso, em parceria com a Netflix, o Spotify criou uma experiência interativa, na qual os ouvintes poderão descobrir qual personagem de Stranger Things tem hábitos de escuta e preferências musicais em comum com você. Para isso, o serviço de streaming de áudio e a Netflix criaram playlists que representam os 13 principais integrantes do seriado (Mike Wheeler, Will Byers, Dustin Henderson, Lucas Sinclair, Jim Hopper, Joyce Byers, Nancy Wheeler, Jonathan Byers, Steve Harrington, MaxBillyDemogorgonEleven) para cruzar os seus gostos musicais com esses perfis e determinar quem é você em Stranger Things.

Veja no link: https://www.spotify-strangerthings.com/

Cada personagem de Stranger Things inspira uma capa de disco diferente. (Foto: Spotify)

Confira a sinopse completa da 2ª temporada de Stranger Things:

“Estamos em 1984 e os cidadãos de Hawkins, em Indiana, ainda estão se recuperando dos horrores do Demogorgon e dos segredos do Laboratório de Hawkins. Will Byers foi resgatado do Mundo Invertido, mas uma entidade maior e mais sinistra ainda ameaça os que sobreviveram.”

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.