Primeiras impressões: The Tick desconstrói jornada do herói em série hilária

Uma série de super-herói em que a estrela é… o ajudante-mirim (ou “sidekick”, em inglês). Assim é The Tick, a nova produção original do Amazon Prime Video, que usa da sátira para desconstruir a “jornada do herói” (estrutura narrativa utilizada na maioria das histórias). Comandado pelos showrunners Ben Edlund (Sobrenatural e Gotham) e David Fury (Buffy: A Caça-Vampiros e Lost), o seriado teve a metade de sua primeira temporada liberada no serviço de streaming no dia 25 de agosto e promete conquistar o público com seu estilo bonachão.

A solidão une o “perdedor” Arthur ao herói estereotipado The Tick. (Foto: Jessica Miglio/Amazon)

No programa, que tem 6 episódios disponibilizados no Prime Video da Amazon, The Tick (Peter Serafinowicz, que dubla Darth Maul, em Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma) surge para ajudar o jovem problemático Arthur Everest (Griffin Newman, de A Grande Escolha) a investigar o reaparecimento do vilão “O Terror” (Jackie Earle Haley, de Watchmen: O Filme). A saga começa quando a dupla de desajustados The Tick e Arthur obtém um traje voador de traça, que desperta o interesse de justiceiros e bandidos e responde somente a Arthur.

Na infância, Arthur viu seu pai morrer numa grande tragédia provocada por Terror. (Foto: David Giesbrecht)

A atração navega por uma cidade repleta de estereótipos de personagens frequentemente encontrados nas histórias em quadrinhos e adaptações do gênero, trazendo a eterna ajudante de antagonista Dona Poeira (Yara Martinez, de Jane the Virgin), o anti-herói Escracho (Scott Speiser, de Mike & Molly), o gângster Ramsés IV (Michael Cerveris, de Fringe) e o defensor alienígena todo-poderoso Superian (Brendan Hines, de Lie to Me). Deste modo, com seu senso de humor ácido, The Tick brinca e desfaz arquétipos populares nas obras dos universos da Marvel e DC Comics.

Whoopi Goldberg entrevista Superian, o clichê de Super-Homem. (Foto: David Giesbrecht)

Se a proposta do seriado é acertada, a qualidade das atuações do elenco está acima da média. No papel de um herói que não sabe de onde veio nem para onde vai, mas que tenha a certeza de age movido pelo “Destino”, o ator britânico Peter Serafinowicz remete a Adam West, em Batman ’66, com sua performance nostálgica e irônica. Em seu trabalho de maior projeção, Griffin Newman cativa com um protagonista vulnerável e desajeitado, como um tipo de Peter Parker com veia humorística mais acentuada. Canastrão, Jackie Earle Haley é um show à parte na pele de Terror.

A irmã superprotetora Dot (Valorie Curry, de The Following) evita que Arthur alce voo. Até onde isso é necessário? (Foto: Jessica Miglio)

Inspirada nas aventuras de “O Carrapato” (em tradução livre), The Tick apresenta uma nova versão do personagem criado pelo cartunista Ben Edlund, em 1986, cuja primeira aparição ocorreu em New England Comics Newsletter #14, da editora New England Comics. Além da atração do Amazon Prime Video, o super-herói estrelou uma série animada de 1994 a 1997, uma sitcom em live-action de 2001 a 2002 e um jogo para os videogames Super Nintendo e Sega Genesis, lançado em 1994.

A segunda parte da 1ª temporada de The Tick deve chegar no início de 2018.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.