Os Oito Odiados

Seja pelos diálogos pausados e dinâmicos, câmeras fechadas nos rostos dos personagens e, claro, pelos tiroteios, Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios) jamais escondeu a influência dos faroestes em seus longa-metragens. Entretanto, em seu oitavo filme, chamado de Os Oito Odiados (The Hateful Eight, EUA, 2015), o diretor resolveu assumir de vez a inclinação pelo western, reunindo vários atores com quem já trabalhou no passado.

Situado entre seis, oito ou doze anos depois da Guerra Civil Americana, a obra mostra o encontro entre personagens curiosos que, por motivos diferentes, dirigem-se para a cidade de Red Rock, mas se juntam num armazém para sobreviverem à nevasca. Desta forma, o caçador de recompensas Major Marquis Warren (Samuel L. Jackson, de Pulp Fiction: Tempo de Violência) se vê no caminho feito pela diligência de John Ruth (Kurt Russell, de À Prova de Morte), que leva a prisioneira Daisy Domergue (Jennifer Jason Leigh, de Estrada Para Perdição) para a forca.

(Foto: Andrew Cooper)

Pela atuação em Os Oito Odiados, Jennifer Jason Leigh concorre ao Globo de Ouro. (Foto: Andrew Cooper)

Sem saber se tudo não passa de uma emboscada, o trio se coloca sob o mesmo teto que tipos suspeitos, como o xerife Chris Mannix (Walton Goggins, de Django Livre), o pequeno Oswaldo Mobray (Tim Roth, de Cães de Aluguel), o cowboy Joe Gage (Michael Madsen, de Kill Bill: Volume 1), o mexicano Bob (Demián Bichir, de As Bem-Armadas) e o confederado General Sandy Smithers (Bruce Dern, de Django Livre). Contudo, no decorrer da noite castigada pela neve, mais detalhes sobre todos os habitantes da cabine são revelados…

Mantendo as características do cineasta, Os Oito Odiados dá muita ênfase para as conversas entre os personagens, divide a trama em capítulos, traz os tradicionais banhos de sangue e coloca figuras que transitam pela história dos EUA. Porém, o estilo de direção de Tarantino somado ao formato de western (faroeste diferencia-se de ação e aventura) pode ter como resultado uma certa lentidão no ritmo do filme, com duração de aproximadamente 3h07, o que não atrapalhará a experiência de seus fãs.

Os Oito Odiados ainda debate o preconceito, mesmo com Samuel L. Jackson assim ameaçador. (Foto: Andrew Cooper)

Os Oito Odiados retrata o preconceito, mas Samuel L. Jackson não deixa barato. (Foto: Andrew Cooper)

Com a participação surpresa de Channing Tatum (Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo), Os Oito Odiados é um faroeste assinado por Quentin Tarantino.

Os Oito Odiados estreia nesta quinta-feira (07/01).

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.