Go! Go! Loser Ranger! é o anime que você deve assistir

Go! Go! Loser Ranger! é o anime que você deve assistir

Imagine como seriam os Power Rangers se habitassem o mundo de The Boys. Interessante, não? Para quem quer realmente ver como isso funcionaria, a dica é Go! Go! Loser Ranger!, anime disponível no catálogo do Star+. A seguir, confira nossas impressões com base em quatro episódios vistos!

Seria trágico…

A história parece girar em torno do Esquadrão Dragão Divino, que surge para proteger a Terra do Exército de Monstros. Eles são guerreiros trajados em uniformes coloridos que, com o passar de anos, controlam a situação, derrotando os chefes dos inimigos invasores. No entanto, para seguir na crista da onda, o grupo organiza exibições públicas, em que enfrenta (e derrota) os asseclas dos adversários que habitam o castelo que sobrevoa o planeta. Eles são fracos, mas imortais.

… se não fosse cômico

Acontece que o Lutador D começa a se rebelar. Assim como os outros, ele se parece com um Boneco de Massa que os Power Rangers cansaram de surrar. Com o poder de se regenerar e se transformar no que quiser, o personagem decide quebrar o roteiro e o acordo com o Esquadrão Dragão Divino. Primeiro, sem muitas chances, ele ataca os heróis em público. Em seguida, percebe que pode travar melhor essa luta ao se infiltrar em suas bases para enfraquecê-los pode dentro.

Irreverente do começo ao fim

Desde sua abertura (no vídeo acima) até o encerramento (logo abaixo), Go! Go! Loser Ranger! bebe do gênero tokusatsu e entrega doses altíssimas de humor irreverente. Para começar, torna protagonista um personagem com perfil de minion, já quebrando qualquer estereótipo. Para completar, no fim, todo mundo entra na dança ao estilo TikTok. É pra chorar de rir!

Next Post

O Tarô da Morte: leitura azarada prevê filme vergonhoso

Dentre tantos filmes de terror disponíveis atualmente, é possível dividi-los entre aqueles que são realmente assustadores – ou tensos, pelo menos; aqueles que não dão tanto medo; e aqueles que são tão ruins que geram vergonha alheia. O Tarô da Morte, nova estreia da Sony Pictures, não consegue fugir do […]
O Tarô da Morte: leitura azarada prevê filme vergonhoso