George Lucas vira personagem de episódio de DC’s Legends of Tomorrow

Depois de mostrar o visionário Bill Gates, o gênio Albert Einstein e o mafioso Al Capone, o cineasta George Lucas é a nova personalidade a ser retratada pela série DC’s Legends of Tomorrow. Marcando o retorno da 2ª temporada da atração após a pausa para as festas de fim de ano, o episódio Raiders of the Lost Art (entendeu a referência?) exibiu uma divertida homenagem ao diretor responsável por levar franquias como Star Wars e Indiana Jones para as telonas, isto é, sagas que revolucionaram a cultura nerd e inspiram gerações através do tempo.

No 9º capítulo do segundo ano do programa, Sara Lance (Caity Lotz, de Mad Men), Ray Palmer (Brandon Routh, de Superman: O Retorno), Cidadão Gládio (Nick Zano, de Minority Report), Vixen (Maisie Richardson-Sellers, de The Originals), Martin Stein (Victor Garber, de Alias: Codinome Perigo), Jefferson Jackson (Franz Drameh, de No Limite do Amanhã) e Mick Rory (Dominic Purcell, de Prison Break) viajam a 1967 para resgatar Rip Hunter (Arthur Darvill, de Doctor Who), perdido desde o início da temporada. Porém, na década de 60, o antigo capitão da Waverider dedica-se à sétima arte e conta com a ajuda do jovem George Lucas (Matt Angel, de Grimm).

A obra de George Lucas influenciou o mundo. E as Lendas retribuíram salvando o diretor da Legião do Mal.

Toda a confusão tem início quando a Legião do Mal, composta por Flash Reverso (Matt Letscher, de Ela), Damien Darhk (Neal McDonough, de Capitão América: O Primeiro Vingador) e Malcolm Merlyn (John Barrowman, de Torchwood), descobre que Rip guarda a Lança do Destino (item capaz de alterar a realidade) e o atacam em seu set de filmagens. Com o combate entre as Lendas do Amanhã e os vilões, George Lucas fica assustado, decide abandonar a faculdade de cinema e deixa de gravar Guerra nas Estrelas e Indiana Jones, e isso, claro, coloca em risco o futuro da humanidade.

Vislumbrando um futuro no qual duas das mais famosas franquias do cinema não existem, Palmer/Eléktron e o novato Nate Heywood/Cidadão Gládio começam a perder seus conhecimentos e poderes, uma vez que ambos deixaram de ter as influências de Star Wars e Indiana Jones na infância. Deste modo, enquanto encaram a liga de antagonistas de Flash e Arrow, Palmer e Heywood precisam convencer o cineasta a concluir seus projetos e acabam protagonizando uma cena num compactador de lixo, numa recriação do trecho clássico de Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança.

Em Raiders of the Lost Art, a série recria momento icônico da obra de George Lucas.

Divertida e bem elaborada, a homenagem de Legends Of Tomorrow a George Lucas mostra como o diretor é importante para o universo geek e exemplifica o quanto o seu trabalho tem sido capaz de inspirar pessoas.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.