Fellowship of the Spear: J.R.R. Tolkien participa de DC’s Legends of Tomorrow

Pense em uma aliança de indivíduos, das mais diversas origens, formada com a missão de destruir um item poderoso o bastante para levar o mundo às trevas, se cair em mãos erradas. Provavelmente, você deve ter lembrado do enredo de O Senhor dos Anéis. E quase acertou… Em sua série de aventuras pela história e homenagens ao universo geek, a segunda temporada de DC’s Legends of Tomorrow teve um episódio inspirado na trama de A Sociedade do Anel, com a participação especial de J.R.R. Tolkien (Jack Turner, de Stitchers), o autor da cultuada saga.

Décimo quinto capítulo da atual fase do programa, Fellowship of the Spear mostrou o time das Lendas do Amanhã tentando descobrir o que deve ser feito com a mítica Lança do Destino, depois de ter obtido todos os seus pedaços. Seguindo um segredo revelado pelo fogo, Sara (Caity Lotz, Mad Men), Ray (Brandon Routh, de Superman: O Retorno) e companhia precisam encontrar a última amostra do Sangue de Cristo, a única coisa capaz de extinguir o artefato, porém, sem viajar ao período bíblico (para evitar qualquer tipo de aberração do tempo).

J.R.R. Tolkien estava servindo ao exército quando embarca em uma jornada fantástica com as Lendas do Amanhã. (Foto: The CW)

J.R.R. Tolkien estava servindo ao exército quando embarca em uma jornada fantástica com as Lendas do Amanhã. (Foto: The CW)

Então, conforme pesquisa do historiador Nate Heywood/Cidadão Gládio (Nick Zano, de Minority Report), a tripulação da nave/máquina do tempo Waverider volta ao ano de 1916, numa França dominada pelo caos da 1ª Guerra Mundial. Afinal, é lá que está J.R.R. Tolkien, o futuro autor de O Fardo do Coração Mais Puro: Tesouro Secreto do Sir Gawain, sobre o cavaleiro templário que levou o Sangue de Cristo para a tumba. Contudo, para conseguir a ajuda de Tolkien na busca pelo local, os heróis devem enfrentar os perigos da guerra e os vilões da Legião do Mal.

Assim como em Raiders of the Lost Art (quando George Lucas foi homenageado), o episódio Fellowship of the Spear mostrou-se carregado de referências a O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel. Além das chamas revelando escritos no Lança do Destino, a arma com o poder de alterar a realidade brilha em azul quando próxima do sangue de Jesus e emite vozes para provocar quem estiver perto dela. Por fim, é possível ver o jovem J.R.R. Tolkien dizendo “seus tolos” (como o mago Gandalf, em “corram, seus tolos”) e há uma piada sobre Tolkien gostar de histórias longas.

A sociedade do... da lança está formada! E pra onde vamos? (Foto: The CW)

A sociedade do… da lança está formada! E pra onde vamos? (Foto: The CW)

Se você achou que um crossover de Legends of Tomorrow e O Senhor dos Anéis era algo impossível, saiba de uma coisa: o mundo mudou…

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.