Caçadores de Emoção: Além do Limite

Quando ladrões se arriscam ao realizar manobras radicais, eles não são criminosos comuns. São caçadores de emoção. Estreando nesta quinta-feira (28/01), o remake do clássico de 1991 atualiza a filosofia da obra original, exibe efeitos visuais de proporções elevadas e conta com a participação de esportistas e DJs profissionais. Na produção, Luke Bracey (G.I. Joe: Retaliação) assume o papel de Johnny Utah, um agente do FBI, e Edgar Ramirez (O Ultimato Bourne) é Bodhi, líder de um grupo de atletas. Abaixo, veja como foram feitas as cenas de snowboarding:

Dirigido por Ericson Core (O Invencível), Caçadores de Emoção: Além do Limite (Point Break, EUA, 2015), o filme mostra o jovem Utah tentando se infiltrar em um time de aventureiros, com a suspeita de que estejam envolvidos numa onda de assaltos em situações extremas. Para isso, Utah precisa provar suas habilidades e ganhar a confiança de Bodhi, veterano com quem se identifica e desenvolve uma relação de respeito mútuo.

_PB-45_B-20762.NEF - "POINT BREAK"; Interpol Pictures, LLC; Fünfundzwanzigste Babelsberg Film GmbH; 2014

Utah (Bracey) e Bodhi (Ramirez) são como irmãos nos esportes radicais.

Além de Utah e Bodhi – interpretados por Keanu Reeves e Patrick Swayze na década de 90, respectivamente – o longa-metragem reutiliza personagens como o agente Pappas (Ray Winstone, de Os Infiltrados) e Roach (Clemens Schick, de 007 – Cassino Royale) e Grommet (Bojesse Christopher, que retorna ao papel), dois membros do bando de Bodhi. Outras referências ao passado são feitas por meio da recriação de cenas, como aquela em que Utah descarrega sua arma dando tiros para o alto.

Por outro lado, Caçadores de Emoção: Além do Limite traz novidades, o passado de Utah praticando motocross, a introdução de Samsara (Teresa Palmer, de Meu Namorado é um Zumbi) e as viagens a 10 países são exemplos. Diferente da trama inicial, a obra carrega menos influência de filmes de duplas policiais (formato forte há duas décadas) e apresenta carga emocional mais acentuada.

_PB-26-09832.NEF

Samsara (Palmer) também demonstra habilidade em esportes como escalada e surf.

O título incrementa a ideologia dos ladrões, juntando traços de anarquia e uma visão deturpada de ambientalismo. Buscando o nirvana, o grupo realiza uma série de desafios chamada de 8 de Ozaki, que exige aptidão para esportes radicais e preparo físico, e “retribui” a natureza por tudo aquilo que lhes é proporcionado ao conduzir roubos que desestabilizam os mercados financeiros internacionais.

De mente aberta, Caçadores de Emoção: Além do Limite adapta o título para os dias de hoje e oferece grandes doses de adrenalina para o público.

Caçadores de Emoção: Além do Limite estreia nesta quinta-feira (28/01).

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.