SDCC 2017: Marvel’s Inhumans promete trama grandiosa e shakespeariana

Primeira série a ser filmada em IMAX, Marvel’s Inhumans tem despertado a curiosidade dos fãs e, claro, foi tema de um painel na San Diego Comic-Con 2017, no qual participaram o showrunner Scott Buck (da série Dexter), o diretor dos dois primeiros episódios, Roel Reiné (Black Sails), e o time de atores composto por Anson Mount (Raio Negro), Serinda Swan (Medusa), Isabelle Cornish (Cristalys), Iwan Rheon (Maximus), Ken Leung (Karnak), Mike Moh (Triton), Eme Ikwuakor (Gorgon), Ellen Woglom (Louise) e Sonya Balmores (Auran). E todos falaram sobre o que vem por aí.

“É uma série tão grande que tivemos que levar para os cinemas”, declarou Jeph Loeb, mediador e produtor executivo dos demais projetos da Marvel para a tevê e streaming, sobre a atração que demandou 5 meses de filmagem no Havaí. Também introduzindo o seriado dos Inumanos, Scott Buck disse: “Não será sobre super-heróis, mas, sim, pessoas com superpoderes, que nem sempre são um dom”. Sobre a empreitada pioneira, Roel Reiné falou que os equipamentos de gravação fizeram diferença. “Filmar em IMAX é assustador para todo mundo.”

O conflito entre os irmãos Raio Negro e Maximus está prestes a ganhar as telonas. (Fotos: Marvel)

Famoso pelo personagem Ramsay, em Game of Thrones, Iwan Rheon fez questão de apresentar a história narrada em Marvel’s Inhumans – pelo menos, do seu ponto de vista… “Maximus está tentando mudar o mundo e salvar pessoas que ele acredita que estão vivendo em más condições devido ao sistema de castas, pois, ele acha que seu irmão não está fazendo nada”, contou. Enquanto isso, o veterano Ken Leung (de Lost) demonstrou empolgação em interpretar Karnak. “É um personagem física, intelectual e espiritualmente formidável”, disse.

Um casal de protagonistas de dinâmica inusitada – pois jamais haverá um diálogo verbal –, Anson Mount e Serinda Swan relataram as dificuldades de trazer Raio Negro e Medusa à vida em live-action. “Não imaginava ter esse desafio de atuação novamente”, desabafou Mount, que teve ajuda para especialistas para desenvolver uma linguagem de sinais. Swan completou: “Tínhamos que estar sincronizados, senão teríamos que parar a cena”. Por fim, a atriz fez coro a todas as mulheres empoderadas da Marvel. “Medusa não é só intérprete, ela desafia Raio Negro.”

O elenco de Marvel’s Inhumans percorreu a SDCC 2017 com pelúcias do Dentinho. (Foto: Marvel)

Uma saga de enormes dimensões, Inhumans deixou a SDCC 2017 com a promessa de ser uma trama shakespeariana, como uma espécie de “Macbeth da Marvel”.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.