Rage Quit Academy: conheça a primeira escola gamer do Brasil

O mercado global de games fechou 2020 com quase 10% de aumento. A pandemia pelo novo coronavírus impulsionou o segmento e fez crescer cifras e o número de jogadores, com 27 bilhões no mundo, segundo relatório da Newzoo, especializada neste nicho. Um reflexo deste crescimento é o surgimento da Rage Quit Academy, empresa brasileira criada com serviço direcionado principalmente aos novos gamers para aprender e evoluir nos games favoritos.

Primeira escola de videogame do Brasil, Rage Quit Academy oferece aulas online em que profissionais de games ensinam jogadores a melhorar o desempenho, avançar fases e acabar com eventuais frustrações. A proposta consiste em ligá-los com atletas de eSports, que em contato individual entendem deficiências e ensinam a avançar no jogo preferido, também segmentado por console ou PC.

No momento, a Rage Quit Academy oferece aulas nos seguintes games: Call of Duty, Clash Royale, FIFA, Fortnite, Pro Evolution Soccer (PES), Rainbow Six – Siege e Valorant.

Chamados de ragers, os professores são profissionais em seus jogos, campeões e com boas posições em competições nacionais e internacionais. Dessa forma, além de um serviço voltado a novos jogadores, a escola de videogame também é uma fonte de renda extra a atletas de eSports.

“Os profissionais alegam que as iniciativas próprias consomem muito tempo deles e passaram a contar com uma startup que organiza e facilita esta proposta. Já os jogadores amadores contam que muitas vezes gastam mais do que o valor da aula em compras dentro dos jogos e assistem a tutoriais prontos para tentar avançar, mas que nem sempre melhoram a sua performance no jogo, causando frustração e não a diversão que se busca ao jogar”, conta Daniel Coelho, CEO da Rage Quit Academy.

As aulas custam a partir de R$ 59,90 cada e têm duração aproximada de 45 minutos. Há pacotes com duas ou três aulas, em que o preço por aula diminui. Depois de escolhido o game e a plataforma (PC, PlayStation ou Xbox), o aluno escolhe o dia e horário da aula antes de finalizar a compra no próprio site da Rage Quit Academy. Automaticamente, o professor recebe o agendamento.

Conforme comunicado, a escola está aberta tanto para proposta de atletas de eSports, mediante análise, para oferecer aulas em outros jogos ou plataformas, quanto busca viabilizar a procura de jogadores de um determinado game.

Next Post

Cidade Invisível ganha trailer completo; veja

Primeiro projeto em live-action de Carlos Saldanha (A Era do Gelo), a série Cidade Invisível, que estreia em 5 de fevereiro, teve seu trailer divulgado pela Netflix. Prometendo oferecer um misto de investigação e folclore nacional, a atração é baseada em uma história escrita por Carolina Munhóz e Raphael Draccon (de O Escolhido). Cidade Invisível é […]
Cidade Invisível ganha trailer completo; veja