Séries nerds são premiadas no People’s Choice Awards 2016

As séries de TV nerds saíram como grandes vencedoras no People’s Choice Awards 2016, desempenho que as produções de cinema voltadas para esse mesmo público não repetiram. Na cerimônia que aconteceu ontem (06/01), The Big Bang Theory foi eleita a Série Favorita e Comédia Favorita da TV Aberta Americana, e Supergirl recebeu a premiação de Novo Drama Favorito. Nos troféus individuais, Jim Parsons (o Sheldon Cooper, de The Big Bang Theory) e Jensen Ackles (o Dean Winchester, de Supernatural) ganharam, respectivamente, como Ator Favorito em ComédiaAtor Favorito em uma Série de Ficção/Fantasia.

BURBANK - NOVEMBER 17: "The Psychic Vortex -- While Koothrappali (Kunal Nayyar, left) and Sheldon (Jim Parsons, right) attend a university mixer, Leonard is upset to discover that Penny believes in psychics, on THE BIG BANG THEORY, Monday, Jan. 11 (9:30-10:00 PM, ET/PT) on the CBS Television Network. (Photo by Sonja Flemming/CBS via Getty Images)

Jim Parsons mostrou que os nerds não são losers e venceu no People’s Choice Awards 2016!

Por outro lado, nas telonas, os nerds saíram em desvantagem, pois, Vingadores: Era de Ultron foi superado por Velozes e Furiosos 7 nas categorias de Filme Favorito e Filme de Ação Favorito. Do elenco da Marvel, apenas Chris Hemsworth conquistou a estatueta de Ator Favorito de Filme de Ação. Além disso, Perdido em Marte venceu como Drama Favorito.

As atuações de Chris Hemsworth em Vingadores: Era de Ultron e No Coração do Mar lhe renderam (Foto: Marvel)

Em 2015, Chris Hemsworth atuou em Vingadores: Era de Ultron e No Coração do Mar. (Foto: Marvel)

Quer saber mais sobre o People’s Choice Awards 2016?

Veja a lista completa de vencedores na página oficial do People’s Choice Awards 2016!

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.