Perry Mason: série estreia na HBO

Com Robert Downey Jr. (o eterno Tony Stark, da Marvel Studios) envolvido na produção executiva, a série Perry Mason estreia na HBO – e HBO GO – neste domingo (21/06), às 22h, conta a história do mais famoso investigador da ficção norte-americana. Ambientada aos EUA da década de 1930, a obra tem Rolin Jones e Ron Fitzgerald como showrunners e é estrelada pelo vencedor do Emmy Matthew Rhys (Um Belo Dia na Vizinhança).

Em seu elenco, a atração traz John Lithgow, Tatiana Maslany, Juliet Rylance, Chris Chalk, Shea Whigham, Stephen Root, Gayle Rankin, Nate Corddry, Veronica Falcon, Jefferson Mays, Lili Taylor, Andrew Howard, Eric Lange e Robert Patrick.

Matthew Rhys declarou que esta será uma versão sombria de Perry Mason. (Foto: HBO)

Criado pelo escritor Erle Stanley Gardner, o personagem desvendou mistérios e provando a inocência de seus clientes em mais de 80 livros e contos publicados de 1933 a 1973. Sucesso mundial, as aventuras de Perry Mason foram, a partir de 1957, adaptadas para o rádio, a televisão e o cinema. O carisma do personagem resultou em mais de 30 filmes, em sua maioria estrelados por Raymond Burr, que faleceu em 1993.

Assista ao trailer completo:

Conheça a sinopse oficial:

“Situada em 1932 em Los Angeles, a série se concentrará na história de origem do famoso advogado de defesa Perry Mason, baseado em personagens dos romances de Erle Stanley Gardner. Vivendo sob controle como investigador particular de baixa renda, Mason é assombrado por suas experiências de guerra na França e sofre os efeitos de um casamento desfeito. L.A. está crescendo enquanto o resto do país luta pela Grande Depressão mas um sequestro que deu muito errado leva Mason a expor uma cidade fraturada enquanto descobre a verdade do crime.”

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.