Venom: Filme do vilão da Marvel é bizarro, mas você pode gostar

A forma como lidamos com nossos próprios demônios é o que conta quem realmente somos. Eddie Brock (Tom Hardy, de Mad Max: Estrada da Fúria) tem seu monstro interior e o utiliza para atuar como um protetor letal. Sem ligação com o Universo Cinematográfico Marvel, Venom (Venom, EUA, 2018) – primeiro filme solo do personagem criado pelos quadrinistas David MichelinieTodd McFarlane – estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (04/10), oferecendo uma experiência que tenta reunir ação, ficção científica e terror psicológico.

Situado na Califórnia (Estados Unidos) dos dias atuais, o enredo é centrado no repórter Eddie Brock, que, depois de perder sua credibilidade e perder o que mais lhe importava, resolve se vingar de quem o arruinou: a Fundação Vida (dedicada ao desenvolvimento de tratamentos médicos e exploração espacial, mas com métodos de testes criminosos). Para ser capaz de encarar o CEO Carlton Drake (Riz Ahmed, de The Night Of), o jornalista aceita servir de hospedeiro para o simbionte alienígena chamado Venom, uma poderosa criatura com hábitos canibais.

Eddie Brock confronta Carlton Drake sobre a exposição de humanos à forma de vida alienígena. (Foto: Sony)

Com a direção de Ruben Fleischer (Zumbilândia), o longa fala sobre como um cara destemperado e repleto de desvios de caráter consegue direcionar toda sua negatividade para propósitos positivos, como o salvamento de vidas inocentes e o combate a vilões deste ou de outros planetas. Embora não siga a origem oficial do vilão nas histórias em quadrinhos – desde Guerras Secretas (1984) até O Nascimento de Venom (1984 – 1988) –, a produção da Sony Pictures carrega as bases de sagas como Protetor Letal (1993) e O Planeta dos Simbiontes (1995).

Cheio de cenas e diálogos bizarros, atuações questionáveis e com roteiro fraco, Venom lembra um filme trash dos 1990. Se isso é ruim? Não necessariamente, pois, a obra diverte com o carisma de seu protagonista, com o qual podemos nos identificar. Atenção! Venom tem 2 cenas pós-créditos, referência ao Superman e participação de Stan Lee.

Venom estreia nos cinemas em 4 de outubro.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.