Shopping de Santo Amaro sedia torneios de card game de Pokémon

No embalo do game Pokémon GO, o Mais Shopping, no bairro de Santo Amarro, em São Paulo, sediará torneios de Pokémon Trading Card Game até 10/09, com o intuito não só de promover a competição, mas também de estimular o aprendizado do jogo. Voltados exclusivamente para os jogadores mirins, os torneios são disputados com os decks da Copag, ocorrendo durante todos os dias da semana, das 14h às 20h.

O espaço reservado ao torneio de Pokémon Trading Card Game fica na praça de alimentação do Mais Shopping.

Os torneios de Pokémon TCG acontecem na praça de alimentação do shopping. (Foto: Henrique Almeida)

Para participar, além de ter 4 e 13 anos, os interessados precisam possuir baralhos com 60 cartas (respeitando o limite de 4 cópias de cada Pokémon), de qualquer coleção de Pokémon lançada pela Copag. Outra informação importante é que todos os participantes deverão realizar um cadastro prévio na promotoria do evento para a retirada de uma senha, que lhes permitirá a entrada no ambiente de competição.

Confira as regras e horários normas do torneio de Pokémon Trading Card Game.

Confira as regras e horários do torneio de Pokémon Trading Card Game. (Foto: Henrique Almeida)

Oferecendo partidas informais e livros para colorir para os menores, o torneio de Pokémon TCG (Trading Card Game) no Mais Shopping promete premiar os vencedores com “uma carta Promo do Pikachu” por criança, uma moeda para quem ficar no Top 4 e uma miniatura.

Para participar do torneio de Pokémon TCG, registre-se com a promotoria do evento.

Para participar do torneio de Pokémon TCG, registre-se com a promotoria do evento. (Foto: Henrique Almeida)

Para saber mais sobre o evento, clique aqui.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.