ScoobyNatural: Supernatural e Scooby-Doo fazem maior crossover da TV

Eles são jovens, bonitos, cruzam os EUA dirigindo um automóvel icônico e resolvem mistérios há muitos e muitos anos. Você deve estar pensando nos irmãos Sam (Jared Padalecki, de Sexta-Feira 13) e Dean Winchester (Jensen Ackles, de Dia dos Namorados Macabro), de Supernatural. Contudo, sabia que a Turma do Scooby-Doo se encaixa nessa descrição? Pois é! E, sabendo que as semelhanças não param por aí, a Warner Bros. decidiu reunir os personagens da série do canal The CW e da Hanna-Barbera no crossover ScoobyNatural.

Em ScoobyNatural, Sam e Dean devem proteger a vida e inocência de seus personagens favoritos. (Foto: The CW)

Numa realização ambiciosa, o décimo sexto episódio da 13ª temporada de Supernatural foi apresentado na televisão dos EUA no dia 29 de março, levando a saga criada pelo roteirista Eric Kripke (Timeless) para um território inusitado, onde a série jamais pisou. No capítulo dirigido por Robert Singer (Lois & Clark – As Novas Aventuras do Superman) e roteiro assinado por Jim Krieg (O Que Há de Novo, Scooby-Doo?), Jeremy Adams (Justice League Action) e Davy Perez (American Crime), Sam e Dean cruzam a fronteira entre o live-action e os cartuns.

Assista aos bastidores da produção:

À parte da trama principal da season 13 – ou seja, você pode assistir ao crossover tranquilamente sem precisar colocar toda a temporada em dia –, o encontro dos Winchester com os membros da Mistério S/A acontece quando Sam e Dean investigam o caso de uma loja de penhores, na qual objetos ganham vida para assombrar seu proprietário e visitantes. Pelos serviços prestados, a dupla é presenteada com uma televisão, porém, o aparelho também parece enfeitiçado, a ponto de transportar os Hunters ao universo de Scooby-Doo e companhia.

Sam, Dean e Castiel ganham versões animadas com os mesmos traços de Scooby e sua turma. (Foto: The CW)

Em 2D, Jared Padalecki, Jensen Ackles e Misha Collins (Garota, Interrompida) – em participação especial como o anjo Castiel – dão voz aos seus respectivos personagens juntos de Frank Welker, Grey Griffin, Kate Micucci e Matthew Lillard (o Salsicha, dos filmes Scooby-Doo e Scooby-Doo 2: Monstros à Solta), dubladores com longo histórico interpretando Freddy Jones e Scooby-Doo, Daphne Blake, Velma Dinkley e Shaggy ‘Salsicha’ Rogers, respectivamente. Com duração de 42min, o especial ocorre em animação na maior parte do tempo, mas tem seu enredo transitando pelo live-action.

Você vê a gravidade da situação quando a Mistério S/A e os hunters precisam trabalhar juntos. (Foto: The CW)

Macabro em um nível além da imaginação, o episódio-evento ScoobyNatural coloca Sam e Dean Winchester ao lado de Scooby e seus amigos apurando as pistas que os levaram a uma mansão mal-assombrada, onde o anfitrião, chamado Cosgood Creeps (Stephen Stanton, de Star Wars Rebels), promete uma recompensa milionária àquele(a) que sobreviver aos ataques do fantasma que habita o local. No entanto, Sam e Dean logo descobrem que este não é “apenas” mais um episódio de Scooby-Doo, tendo que solucionar o mistério antes o caso tenha consequências no mundo real.

Repleto de referências ao histórico do cartum, o crossover ScoobyNatural chega como uma sacada excepcional para renovar o interesse do público por Supernatural e para quem deseja ver a turma do Scooby-Doo ultrapassando limites. Afinal, a iniciativa inédita traz momentos impagáveis – como a corrida entre a icônica van Máquina de Mistério e o Chevrolet Impala 1967 e o flerte de Dean com Daphne –, e grande tensão, como quando o pessoal da Mistério S/A se aproxima de um tipo de mal com o qual somente Sam e Dean estão acostumados a lidar,

No Brasil, o Warner Channel transmite o crossover ScoobyNatural nesta terça-feira (10/04), às 21h40.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.