Não há limites para a imaginação em Meu Amigo, O Dragão

Reimaginando o filme homônimo de 1977, Meu Amigo, O Dragão (Pete’s Dragon, EUA, 2016) – a mais nova produção dos estúdios Walt Disney – chega aos cinemas com cara de “sessão da tarde”, trazendo uma aventura para a família, tocante e repleta de boas mensagens. Estrelado por Bryce Dallas Howard (Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros), o longa conta a história do pequeno órfão chamado Pete (Oakes Fegley, de Person of Interest), que, após perder os pais num acidente de carro, passa a viver na floresta com um amigo inusitado.

Com direção de David Lowery (Amor Fora da Lei), o título se distancia da versão clássica (voltada para uma perseguição de pais adotivos malvados) e se concentra em mostrar a relação entre o garotinho Pete e o simpático dragão Elliot, assim como essa amizade muda a rotina de uma cidade inteira, especialmente da guarda florestal Grace (Howard). Enquanto luta para evitar que uma madeireira dê fim ao local habitado pelo menino e a criatura, a moça tenta descobrir o que aconteceu a família de Pete e passa a vê-lo com sentimentos maternais.

É impossível sair da sessão sem se emocionar com a amizade de Pete e o dragão Elliot.

É impossível sair da sessão sem se emocionar com a amizade de Pete e o dragão Elliot. (Foto: Disney)

Apresentando uma experiência visual agradável e uma narrativa doce, o filme prega a importância de manter-se aberto à imaginação, mensagem que é ilustrada por Grace, que, mesmo após ter crescido ouvindo as histórias de seu pai, o artesão Meacham (Robert Redford, de Capitão América 2: O Soldado Invernal), se nega  a acreditar no incrível até avistar Elliot. Outra marca do longa é usar os casos de desmatamento e a caçada ao dragão (um ser raro e com potencial para ser explorado pelo homem) para conscientizar sobre proteção ambiental.

Embora possa ser relacionado a Onde Vivem os Monstros, Mogli: O Menino Lobo e O Bom Gigante Amigo, Meu Amigo, O Dragão encanta pela história meiga e paisagens belíssimas, exibe atuações consistentes de atores experientes (o elenco ainda conta com Karl Urban, de Star Trek, e Wes Bentley, de Jogos Vorazes) e fascina ao trazer à tona um dragão.

A guarda Grace precisa acreditar no impossível para entender o caso do pequeno Pete. (Foto: Disney)

Meu Amigo, O Dragão estreia nos cinemas nesta quinta-feira (29/09).

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.