Maze Runner: Prova de Fogo

Thomas (Dylan O’Brien, de Teen Wolf), Teresa (Kaya Scodelario, de Skins), Newt (Thomas Brodie-Sangster, de Phineas e Ferb) e Minho (Ki Hong Lee, de Unbreakable Kimmy Schmidt) conseguiram escapar do labirinto, porém, as aventuras dos garotos estão longe de terminar. Em Maze Runner: Prova de Fogo (Maze Runner: The Scorch Trials, EUA, 2015), segundo filme baseado nos livros de James Dashner, o grupo encara um desafio ainda maior e, numa jornada pelo Deserto, precisa identificar inimigos e aliados.

Dirigido novamente por Wes Ball, o longa traz a sequência imediata de Correr ou Morrer (lançado em 2014), com os jovens sendo resgatados por indivíduos com aparência militar. Assim, os temidos Verdugos (monstros que habitavam o labirinto) não são a principal ameaça, mas, sim, o homem – e Cranks, que são pessoas infectadas pelo vírus Fulgor. Deste modo, a trama ganha tons mais sombrios do que os do primeiro capítulo da saga.

Desta vez, correr não será suficiente. Os Clareanos precisarão contra-atacar.

Desta vez, correr não será suficiente. Os Clareanos precisarão contra-atacar.

Em ritmo acelerado durante 2h11, o roteiro (criado com o auxílio de Dashner) proporciona surpresas para os leitores da série, com algumas adaptações bem evidentes. Para aqueles que não se debruçaram sobre as páginas de Maze Runner, a produção atrai pela ação ininterrupta em cenários áridos, o que funcionou para Mad Max: Fury Road. Além disso, há a evolução de cada um dos personagens, “provados” ao limite.

Em busca do Braço Direito, bando que oferece resistência à organização C.R.U.E.L. (Catástrofe e Ruína Universal: Experimento Letal), os meninos se deparam com Aris (Jacob Lofland, de Justified), Janson (Aidan Gillen, de Game of Thrones), Jorge (Giancarlo Esposito, o Gus, de Breaking Bad) e Brenda (Rosa Salazar, de Insurgente). Entre os novos membros do elenco, Gillen é prejudicado por não conseguir se desatrelar da imagem de Lorde Baelish; já o experiente Giancarlo Esposito se destaca pela desenvoltura com que estreia e por fazer Jorge ser imprescindível para o filme.

Thomas (O'Brien), Teresa (Scodelario), Newt (Brodie-Sangster) e Minho (Lee) amadurecem após suas desventuras no deserto.

Thomas (O’Brien), Teresa (Scodelario), Newt (Brodie-Sangster), Minho (Lee), Aris Jones (Lofland) e companhia têm que superar inúmeros desafios na travessia do Deserto.

Com uma grande reviravolta no final e história mais sinistra do que outros filmes juvenis, Maze Runner: Prova de Fogo equilibra fidelidade ao livro homônimo e originalidade.

Maze Runner: Prova de Fogo estreia nesta quinta-feira (17/09).

Leia também: Em passagem pelo Brasil, Kaya Scodelario e Giancarlo Esposito comentam os bastidores de Maze Runner: Prova de Fogo

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.