Jack Reacher: Sem Retorno traz mais ação e trama de maiores proporções

Jack Reacher está de volta. Baseado no best-seller homônimo, escrito por Lee Child, o filme Jack Reacher: Sem Retorno (Jack Reacher: Never Go Back, China/EUA, 2016) entra em cartaz no circuito nacional como um dos melhores representantes do gênero de ação deste ano. Novamente produzido e estrelado por Tom Cruise (Missão: Impossível), o longa-metragem, diferente da aventura anterior (lançada em 2012), concentra-se em apresentar mais momentos de adrenalina e inova ao colocar em jogo uma trama familiar.

Com a direção de Edward Zwick (O Último Samurai), a produção não traz muitas conexões relevantes com o primeiro título e acompanha o misterioso ex-policial militar Jack Reacher (Cruise) em uma nova missão. Desta vez, o protagonista ruma à base onde serviu na Virgínia (EUA), para se encontrar com a Major Susan Turner (Cobie Smulders, de Avengers: Os Vingadores), mas descobre que a moça foi presa por traição. Para livrar a colega da acusação, Reacher a resgata e a dupla se une para revelar uma conspiração do exército e uma empresa privada encarregada do fornecimento de armas.

Left to right: Tom Cruise plays Jack Reacher and Cobie Smulders plays Turner in Jack Reacher: Never Go Back from Paramount Pictures and Skydance Productions

Filmar Jack Reacher: Sem Retorno exigiu muito fôlego de Tom Cruise e Cobie Smulders! (Foto: Paramount Pictures)

Enquanto ambos se tornam fugitivos da lei, Jack Reacher é surpreendido com a possibilidade de ter uma filha adolescente, a indisciplinada Samantha (Danika Yarosh, de Heroes Reborn), que ocupa papel de destaque no longa e com quem Reacher tem diálogos interessantes, embora não saiba lidar com a garota. Além disso, ronda a ameaça do mercenário “The Hunter” (Patrick Heusinger, de Quantum Break), vilão que surge como uma ameaça constante ao trio principal e que boas cenas de combate com Reacher e Turner e perseguições tensas com a menina.

Apesar de possuir uma história de proporções maiores, a sequência da franquia mostra mais interesse em trazer sequências de ação do que uma busca por pistas, ao contrário do que foi o foco de Jack Reacher: O Último Tiro na estreia da série nas telonas. Outra novidade é a introdução do alívio cômico com a presença da jovem Samantha, que costuma desobedecer a seu suposto pai e, simultaneamente, revelar características bastante semelhantes às dele. Deste modo, o filme ganha ritmo e dinâmicas inéditas, assim como personagens femininas fortes.

Left to right: Tom Cruise plays Jack Reacher and Danika Yarosh plays Samantha in Jack Reacher: Never Go Back from Paramount Pictures and Skydance Productions

Para Reacher, é fácil encarar assassinos e policiais corruptos, mas uma filha de 14 anos… (Foto: Paramount Pictures)

Com Tom Cruise mais à vontade em seu personagem e entrosado com Cobie Smulders (o gênero de ação lhe caiu bem) e Danika Yarosh (uma revelação), Jack Reacher: Sem Retorno pode não ter uma trama tão envolvente quanto o anterior, mas certamente arrancará um “Uau!” do público com as coreografias e o impacto dado às lutas e tiroteios.

Left to right: Tom Cruise plays Jack Reacher and Gordon Alexander plays Cage Match Goon in Jack Reacher: Never Go Back from Paramount Pictures and Skydance Productions

Jack Reacher costuma deixar ossos quebrados por onde passa. (Foto: Paramount Pictures)

“Sem Retorno” traduz em cena o que diz esse subtítulo ao apresentar uma jornada eletrizante, com muita correria, sempre em frente e nenhum tempo para retrocesso.

Jack Reacher: Sem Retorno estreia em 24 de novembro nos cinemas brasileiros.

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado) em 2013 e fundador do Boletim Nerd. Realizou a cobertura da CCXP, Brasil Game Show e Campus Party e do lançamento de Logan, Mulher-Maravilha e Homem-Aranha: De Volta ao Lar.

Comentários estão fechados