Far Cry: New Dawn é o amanhecer de uma nova era para franquia da Ubisoft

Descansar é para poucos. Mal tivemos tempo de respirar após o anúncio surpresa realizado na The Game Awards 2018 e já tivemos o lançamento de Far Cry: New Dawn, para as plataformas PlayStation 4, Xbox One e PC, com a promessa de concluir a história de Far Cry 5.

Na prática, o jogo não se faz uma continuação da série principal, mas, sim, uma expansão da jornada – embora também funcione de maneira isolada – com as mecânicas e gráficos do título anterior mantidos e algumas novidades.

Far Cry: New Dawn se passa 17 anos depois do final apocalíptico de Far Cry 5, onde o mundo foi atingido pela detonação de uma bomba atômica e a civilização foi abalada, resultando na formação de novas sociedades. Entretanto, com o sumiço de Joseph Seed, a cidade de Hope County agora é dominada pelas irmãs gêmeas tiranas, Mickey e Lou, que comandam a tudo com sua gangue, os Salteadores.

Mickey e Lou são suas inimigas em Far Cry: New Dawn. (Foto: Ubisoft)

O jogador toma o controle de um capitão, que pode ser caracterizado com gênero, definições faciais e figurinos (como no último game), com a diferença de que é possível ver o resultado de toda essa personalidade na campanha, em algumas oportunidades. Sua missão é trazer suplementos para reconstruir a nação e derrubar o poder das gêmeas.

Para chegar até as vilãs, você deve dominar as áreas que produzem etanol e devolver para algumas sociedades, como também salvar civis da tirania com a ajuda de sua equipe, que pode ser acionada em algumas missões.

Um dos maiores desafios que se pode enfrentar é necessidade de evolução do personagem, que se faz muito mais importante do que nos jogos passados, para somente assim avançar no jogo até seu final – num sistema muito parecido ao de um RPG, especialmente para não se passar sufoco contra certos inimigos.

Prepare-se para uma perigosa jornada em um mundo distópico. (Foto: Ubisoft)

Além de possuir armas padrões, o player também pode criar novas armas e novos veículos, mas, para isso, deve ir em buscam de acessórios e materiais pelo mapa, aberto para explorar cada área com liberdade.

Uma das coisas que se sente são a recorrência de bugs. Durante a jogatina enfrentei três deles, tendo sido prejudicado por uma personagem importante para a história que simplesmente desapareceu ao meu lado. No entanto, isso deve ser corrigido nas próximas atualizações da Ubisoft.

Far Cry: New Dawn segue a fórmula se sucesso da franquia com pequenas melhorias e novas perspectivas, trazendo um respiro para a saga que é a exploração de um mundo pós-apocalíptico e o desenvolvimento de suas antagonistas, em uma experiência divertida e de pouca duração.

Comentários

Comentários estão fechados.