Conheça Whiskey Cavalier: a nova série de espionagem do Warner Channel

Protagonizada por Scott Foley (Scandal) e Lauren Cohan (The Walking Dead), a série Whiskey Cavalier é a nova atração do Warner Channel, com estreia confirmada para o dia 11 de março, às 21h40. Desenvolvido para os fãs de espionagem, o programa promete a combinação entre ação, adrenalina e comédia romântica, num enredo divertido que pretende apresentar no canal uma perspectiva diferente das tramas que envolvem agências de inteligência norte-americanas.

No seriado, iremos conhecer o agente do FBI, Will Chase (Scott Foley), ex-piloto da Marinha, estudante universitário de poesia e que utiliza o codinome “Whiskey Cavalier”. Em uma missão ao lado do protagonista, entra Francesca “Frankie” Trowbridge (Lauren Cohan), chamada de Fiery Tribune e dona do mais alto recorde de capturas como um espião do CIA, além de possuir problemas para estabelecer laços pessoais, um passado oculto e o domínio de artes marciais.

(Foto: ABC/Larry D. Horricks)

Ao decorrer da história, a dupla se vê forçada a trabalhar junto, compartilhando a custódia de uma equipe de espiões formada por: Susan Sampson (Ana Ortiz, de Ugly Betty), melhor amiga de Will e especialista em perfis do FBI; Jai Datta (Vir Data, de Shivaay), confidente de Frankie, dona de talento meticuloso; e Edgar Standish (Tyler James Williams, de Todo Mundo Odeio o Chris), um falso analista da NSA, sequestrado pelos russos por roubar dados confidenciais.

Entre amizade, o romance e a burocracia de escritório, o grupo de profissionais terá desafios como desativar uma bomba nuclear em um transporte público, desmascarar um agente infiltrado ou recuperar itens valiosos, em cidades como Praga, Londres e Paris.

Assista ao trailer de Whiskey Cavalier:

Comentários
Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM e fundador do Boletim Nerd. Foi colaborador da Coluna Mundo Geek, da GloboNews, e foi palestrante na Campus Party Brasil. Realizou a cobertura da Comic Con Experience, Brasil Game Show e Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Comentários estão fechados.